A SHELL QUALIFICA CATALISADORES DA BASF PARA PURIFICAÇÃO E PRODUÇÃO DE HIDROGÊNIO VERDE | Petronotícias





A SHELL QUALIFICA CATALISADORES DA BASF PARA PURIFICAÇÃO E PRODUÇÃO DE HIDROGÊNIO VERDE

detirA BASF e a Shell estão trabalhando para avaliar e reduzir riscos na produção de hidrogênio verde com o uso do Puristar R0-20 e da Tecnologia de Adsorção Sorbead.  As duas tecnologias purificam e desidratam o fluxo de hidrogênio do produto a partir do processo de eletrólise da água, que pode então ser utilizado para a liquefação e transporte, como uma fonte de energia ou matéria-prima química. As tecnologias Puristar e Sorbead estão agora no portfólio da Shell para uso potencial nos projetos globais de hidrogênio verde da multinacional. O fluxo de hidrogênio, produto da eletrólise da água, contém água e oxigênio remanescente, que são impurezas que precisam ser removidas antes do processamento ou utilização do hidrogênio a jusante. Primeiro, o catalisador Puristar R0-20 remove o oxigênio convertendo-o em água na Unidade DeOxo. Após a etapa DeOxo, a Tecnologia de Adsorção Sorbead é utilizada para desidratar o hidrogênio. Após a purificação, o hidrogênio pode ser usado como fonte de energia ou matéria-prima química. Através das recentes atividades piloto e Pesquisa e Desenvolvimento, a BASF criou uma nova ferramenta de design DeOxo que se concentrou especificamente na otimização de unidades DeOxo operando a jusante de um eletrolítico. Esta nova ferramenta de modelagem permite o design de recipientes DeOxo menores.

O catalisador altamente eficiente Puristar R0-20 opera a baixas temperaturas e com um conteúdo mínimo de metal precioso no catalisador. Além disso, a Adsorçãocatalisadores Sorbead da BASF, segundo as empresas,  oferece vantagens para aplicações de hidrogênio verde, incluindo uma pegada de energia mínima em comparação com materiais alternativos, confiabilidade, operação simples, alta capacidade de água e temperaturas de regeneração mais baixas em comparação com alumina ativada ou peneiras moleculares. Os clientes também se beneficiam de uma vida útil longa, flexibilidade operacional e gás de acordo com as especificações na inicialização, como informa, Detlef Ruff, Vice-Presidente Sênior, Catalisadores de Processos da BASF: “A BASF compartilha a ambição da Shell de trabalhar em prol de zerar as emissões líquidas no futuro. O hidrogênio verde é um componente importante para atingir este objetivo e para a eliminação de risco com Puristar R0-20 e Tecnologia de Adsorção Sorbead para os projetos da Shell nos apoiarão nesse caminho.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of