ABERTURA DA MOSSORÓ OIL & GAS DESTACA O POTENCIAL DO RIO GRANDE DO NORTE NA PRODUÇÃO DE ÓLEO E GÁS TERRESTRE E MARÍTIMO

Por Davi de Souza (davi@petronoticias.com.br) –

DSC_0001MOSSORÓ – Autoridades federais e potiguares marcaram presença na abertura da Mossoró Oil & Gas Expo, que começou na tarde desta terça-feira (21), no Expocenter da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). O centro de exposições ficou lotado nesse primeiro dia de feira, confirmando as expectativas dos organizadores, que esperam mais de 3 mil visitantes ao longo dos três dias de realização da exposição. Um dos destaques da cerimônia de abertura do MOGE certamente foi a perspectiva positiva em relação ao papel do Rio Grande do Norte no cenário energético brasileiro. Além de ser um grande produtor de energia eólica, o estado está dando passos firmes para aumentar ainda mais sua presença no segmento petrolífero. Além de ser um tradicional produtor de petróleo onshore, o Rio Grande do Norte também tem o potencial de produzir no ambiente offshore. Para lembrar, o Ibama emitiu recentemente a licença ambiental que permite a Petrobrás perfurar um poço no bloco marítimo BM-POT-17, em águas profundas da Bacia Potiguar, na Margem Equatorial brasileira.

DSC_0037A expectativa é que a sonda que irá perfurar o poço na região chegue ao litoral do estado nos próximos dias, o que foi bastante celebrado pela governadora Fátima Bezerra, que esteve presente na abertura da feira. “O futuro já começou, e ele se inicia com investimentos em curso cada vez mais promissores. Destaco a grande notícia da chegada da sonda da Petrobrás à Margem Equatorial do Rio Grande do Norte. A exploração da Margem Equatorial terá início pelo chão potiguar. A sonda está chegando. Os estudos realizados até o presente momento indicam um potencial incomensurável de petróleo nas águas profundas [no litoral do estado]”, disse.

A governadora também lembrou que a indústria de petróleo tem sido uma grande indutora do desenvolvimento econômico potiguar, contribuindo na geração de empregos e no incremento das receitas tributárias para o estado e para os municípios. O prefeito da cidade de Mossoró, Allyson Bezerra, também esteve no evento e anunciou o lançamento de uma série de licitações de novas obras de infraestrutura na cidade, incluindo a duplicação das pontes da Avenida Presidente Dutra – que corta toda a cidade. As licitações devem totalizar cerca de R$ 100 milhões de investimentos.

DSC_0026Representando a esfera federal, o diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Daniel Maia, também frisou o papel importante que o estado do Rio Grande do Norte desempenha na indústria onshore brasileira. Segundo ele, 40% da produção de petróleo onshore do país vem do Rio Grande do Norte, sem contar ainda o grande potencial do estado também no offshore.

Isso trará um grande retorno para a sociedade brasileira e para a região. A exploração e produção do petróleo onshore, sem dúvida nenhuma, é uma importante fonte de recursos para a sociedade. Mais de 2,2 bilhões em participações governamentais foram distribuídos decorrentes da produção de petróleo onshore no Brasil. Temos mais de 55 grupos econômicos no país atuando nesse segmento, que é intensivo em mão de obra”, afirmou o diretor da ANP.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of