ABIOVE CELEBRA COM BOM HUMOR A DECISÃO DO CNPE EM AUMENTAR A PARTICIPAÇÃO DE BIODIESEL NO ÓLEO DIESEL

Andre Nassar - Presidente da ABIOVE

Andre Nassar – Presidente da ABIOVE

Mau humor do IBP, bom humor na ABIOVE.  A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE) celebrou hoje (19)  a decisão do Governo Federal de antecipar o aumento da mistura de biodiesel ao diesel comercial para 14% em março do ano que vem e 15% em março de 2025, além da suspensão temporária da autorização de importações de biodiesel até análise por um grupo de trabalho criado para este fim. O aumento no teor fomenta o crescimento da produção de biodiesel no país, reduz a dependência de importações de diesel e aumenta a segurança energética nacional, beneficia os cidadãos brasileiros por conta do uso de um combustível renovável, comemora a Abiove.

Em uma nota, a associação diz que “Além disso, a decisão não onera o consumidor final pois o biodiesel, além das vantagens ambientais e de saúde pública, encontra-se em patamares de preços equivalentes ao diesel importado. Isso significa mais previsibilidade para os negócios, investimentos, maior geração de PIB, empregos, divisas e desenvolvimento regional proporcionados pela cadeia produtiva da soja e do biodiesel, assim como uma série de externalidades socioambientais positivas.”

A entidade diz reconhecer o esforço e o trabalho liderado pelo ministro de Minas e Energia (MME), Alexandre Silveira, “pelo constante apoio do ministro da Agricultura (MAPA) – Carlos Fávaro, toda a equipe técnica dos ministérios, do vice-presidente Geraldo Alckmin, por citar o biodiesel e a integração com a cadeia de processamento de oleaginosas em muitas declarações públicas, e do próprio presidente Lula. Ao ser informado pela ABIOVE que há exportadores de grãos adquirindo caminhões para frota própria adaptados para rodar com B100 (100% de biodiesel), o Presidente da República foi enfático na defesa do biodiesel e dos biocombustíveis como importantes aliados para a transição energética e o desenvolvimento sustentável nacional.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of