AGÊNCIA REGULADORA NUCLEAR DOS ESTADOS UNIDOS APROVA REGRAS DE PREPARAÇÃO DE EMERGÊNCIAS PARA PEQUENOS REATORES MODULARES

hansonORLANDO – Por Fabiana Rocha – A Comissão Reguladora Nuclear aqui dos Estados Unidos, a NRC, vai emitir um guia que aplica todos os requisitos de preparação para emergências baseados em desempenho e informados sobre riscos a pequenos reatores modulares (SMRs) e outras novas tecnologias. A regra entrará em vigor 30 dias após sua publicação no Registro Federal, prevista ainda para este ano. A nova regra se baseia no programa de preparação de emergência do NRC para grandes reatores de energia nuclear refrigerados a água leve, reconhecendo os avanços tecnológicos e diferenças dos grandes reatores.

Em um comunicado, a NRC explicou que os requisitos incluem um método escalável para determinar o tamanho da zona externa de planejamento de emergência em torno de uma instalação. Requerentes e licenciados para SMRs e outras novas tecnologias pode usar a regra no desenvolvimento de um programa de preparação para emergências baseado em desempenho como uma alternativa aos atuais requisitos de planejamento de emergências radiológicas fora do local, mostrando a estrutura de preparação para emergências, com regra adotando uma abordagem inclusiva de tecnologia e orientada para as suas consequências. A regra se aplicará a SMRs e tecnologias como reatores de água não leve, novos reatores de pesquisa e teste e instalações de radioisótopos médicos. Exclui grandes reatores de água leve com capacidades térmicas acima de 1.000 MW, instalações de ciclo de combustível e reatoresusa de pesquisa e teste atualmente em operação, que permanecem sob os requisitos regulatórios atuais.

O presidente do NRC, Christopher Hanson (foto principal), disse que a “regra final cuidadosamente articulada” foi o culminar de muitos anos de esforço da equipe do NRC trabalhando com as partes interessadas para avançar na estrutura regulatória de preparação para emergências. “Simplificando, o NRC sempre estabeleceu seus requisitos regulatórios para lidar com os perigos específicos apresentados pelas instalações que licencia e regula. Os requisitos variam para diferentes tipos de instalações, mas o padrão é sempre o mesmo – garantindo garantia razoável da proteção adequada de saúde e segurança pública”, afirmou.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of