ANP APROVOU O NOVO PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE ATLANTA

decioA Agência Nacional do Petróleo (ANP) aprovou hoje (19) o novo Plano de Desenvolvimento e a prorrogação contratual por mais 11 anos do campo de Atlanta, na Bacia de Santos. Entre as iniciativas previstas no plano, está o início de operação do Sistema Definitivo do ativo, que iniciará a operação com seis poços, em 2024. A Enauta diz que outros quatro poços devem ser perfurados em fases posteriores do projeto até 2029.

A aprovação do novo Plano de Desenvolvimento e da prorrogação contratual permite aumentar consideravelmente o volume de petróleo a ser produzido no campo”, afirma o CEO da companhia, Décio Oddone. De acordo com o executivo, os 11 anos adicionais de produção possibilitam um aumento significativo nas reservas 2P da companhia. Uma avaliação da área técnica da Enauta estima que as reservas 2P terão um crescimento superior a 35%, sujeito à futura certificação independente.

Com o aval da ANP, o prazo da concessão do campo de Atlanta, que era até 2033, foi prorrogado para 2044. A aprovação está condicionada ao plano de atividades proposto pela Enauta. Uma das exigências da ANP ao aprovar o plano é que a petroleira inicie a operação do FPSO do Sistema Definitivo  de produção até 30 de junho de 2024.

De acordo com Oddone, a Enauta já assinou 90% dos contratos para a implantação Sistema Definitivo, o que dá maior previsibilidade em relação ao custo e prazo do projeto. “A implantação do Sistema Definitivo de Atlanta aumentará substancialmente a produção e a resiliência da companhia. Fechamos a maior parte dos contratos antes do aquecimento do setor, então conseguimos calibrar custos e esperamos colher bons resultados”, afirmou.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of