MAIORES PRODUTORES DE PETRÓLEO MUNDIAIS DEFENDEM MANTER ACORDO PARA SUBIR PREÇO DO DO BARRIL

dwdwO Ministro de Energia dos Emirados Árabes Unidos, Suheil al-Mazrouei, disse que “ Esse grupo de produtores comprometidos e responsáveis se uniu.  Acho que eles vão continuar a fazer o que for preciso para nos levar ao próximo nível”. Ele disse também que 158 milhões de barris excedentes de petróleo ainda estão no mercado e que “precisamos reduzir isso, o que significa que há potencial para a extensão”. Mazrouei afirmou ainda  que essa decisão é quase uma unanimidade entre os 24 produtores membros e não membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que concordaram, há um ano, com uma redução da produção de 1,8 milhão de barris por dia.

Por causa da redução, o preço do petróleo se recuperou para mais de 64 dólares o barril – contra 40 dólares no ano passado – e os gigantes estoques de petróleo acumulados nos últimos três anos foram reduzidos.  O secretário-geral da Opep, Mohammed Barkindo, disse que o acerto dos produtores provocou resultados sólidos, com “uma resposta válida para o pior ciclo descendente dos preços do petróleo na história”. O diretor da Opep também convidou novos produtores de petróleo, inclusive os de xisto americano, a integrarem um acordo mais amplo que garanta o futuro da energia. Barkindo disse ainda  que há negociações para institucionalizar a cooperação entre os países da Opep e não membros para regular o mercado:  “Agora, não estamos falando da Opec 14, mas sobre a plataforma global 24”, referindo-se ao número de produtores de petróleo que assinaram o acordo.

Deixe seu comentário

1 Comentário em "MAIORES PRODUTORES DE PETRÓLEO MUNDIAIS DEFENDEM MANTER ACORDO PARA SUBIR PREÇO DO DO BARRIL"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
trackback

[…] Fonte: MAIORES PRODUTORES DE PETRÓLEO MUNDIAIS DEFENDEM MANTER ACORDO PARA SUBIR PREÇO DO DO BARRIL | Pet… […]

wpDiscuz