MUNDO REAGE AO AUMENTO NO PREÇO DO PETRÓLEO. O IRÃ TEME QUE CRESÇAM OS INVESTIMENTOS EM ÓLEO DE XISTO

xxxA elevação dos preços do barril de petróleo no mercado internacional provocou reações no mundo inteiro. O Ministro de Energia dos Emirados Árabes Unidos,  Suhail al-Mazrouei, disse que não estar preocupado com o atual patamar de preços do petróleo. Ele disse que houve um excesso de oferta de cerca de 100 milhões de barris no mercado, acrescentando que ainda é necessário reduzir os estoques para a média de cinco anos. Com o objetivo de sustentar os preços do petróleo, os países integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros aliados iniciaram cortes em janeiro de 2017 para diminuir essas reservas.Os preços do petróleo neste ano subiram para o nível mais alto desde maio de 2015 e alguns membros da Opep temem que os ganhos possam levar as empresas a investirem no óleo de xisto e aumentar a produção, dificultando esforços para dar suporte aos preços e reduzir os estoques.

dddhNo Irã, a reação ao aumento no preço do barril pegou o país em meio as confusões causadas pelos  protestos contra o governo. O irã é um dos principais produtores do óleo no Oriente Médio. Para os iranianos, os altos preços da commodity poderiam ajudar a resolver as queixas levantadas por manifestantes, como o desemprego e a pobreza, no entanto, o ministro do Petróleo, Bijan Zanganeh, queixou-se de que os preços poderiam prejudicar os produtores de petróleo locais, porque este aumento seria uma forte razão para que os produtores do óleo de Xisto aumentassem seus investimentos e as suas produções.:  “Os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) não estão interessados em aumentar os preços do Brent para mais de US$ 60 por barril por causa da produção de óleo de xisto”.

Deixe seu comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of