ELDORADO AUMENTA VENDA DE ENERGIA DE BIOMASSA PARA O SISTEMA NACIONAL

!cid_image001_jpg@01D38BADA Eldorado Brasil aumentou a venda de energia de biomassa de eucalipto para o Sistema Elétrico Nacional. Desde novembro de 2017, a fabricante de celulose tem autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica para exportar até 40 MW/h.  antes, o limite era de 30 MW/h.  A maior disponibilidade de energia está diretamente relacionada ao aumento da produção de celulose, que superou 1,7 milhão de toneladas em 2017, com eficiência e estabilidade da linha produtiva. A empresa também atribui os bons resultados pelas manutenções e melhorias realizadas na fábrica, como a otimização no uso de aquecedores para diminuir o uso de vapor, que ajudaram a reduzir o consumo interno de eletricidade.

A Eldorado Brasil é produtora de celulose branqueada de eucalipto e possui mais de 230 mil hectares de florestas plantadas no Mato Grosso do Sul, tem uma unidade industrial em Três Lagoas (MS) com capacidade de produção de 1,753 milhão de toneladas de celulose por ano. Com foco no mercado global, em 2016, seu faturamento foi de R$ 3,4 bilhões e, atualmente, conta com 3,8 mil colaboradores. O gerente geral da fábrica, Fábio Nakano, disse que “Nossa fábrica é autossuficente em energia elétrica, e mesmo com aumento de produtividade, com quebra de sucessivos recordes ao longo de 2017, conseguimos manter uma atuação responsável e sustentável”.

Em novembro passado, a Eldorado bateu recorde de geração de energia, com média de 178 MWh médios. Deste total, 87,6 MWh foram usados para produção de celulose e 35,5 MWh exportados para o grid e o restante foi para os parceiros instalados na mesma unidade industrial. A expectativa é a de que a receita com a exportação de energia seja duas vezes maior que em relação ao ano anterior.

Deixe seu comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz