MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CRIA COMITÊ DIRETIVO DE PROGRAMA DE ESTÍMULO À PRODUÇÃO ONSHORE

plataformasonshoreEnquanto a exploração offshore brasileira não para de crescer, o governo também quer aumentar as atividades onshore. O Ministério de Minas e Energia lançou nesta quinta-feira (16) Comitê Diretivo do Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (Reate). A iniciativa foi desenvolvido pela pasta em conjunto com a Agência Nacional do Petróleo (ANP) e a Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

O objetivo do programa é propor e monitorar ações, projetos e políticas voltadas para o incremento das atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural em terra. O comitê diretivo do programa dará continuidade ao diálogo para monitoramento e implementação das ações constantes do Relatório Técnico do Reate.

Algumas das ações propostas neste relatório são dar maior autonomia à ANP na oferta de áreas terrestres oferecidas e não arrematadas e de áreas devolvidas e agilizar o procedimento licitatório das áreas com acumulações marginais.

 

Deixe seu comentário

1 Comentário em "MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CRIA COMITÊ DIRETIVO DE PROGRAMA DE ESTÍMULO À PRODUÇÃO ONSHORE"

avatar
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Luciano Seixas Chagas
Visitante
Novidades alvissareiras. Acho que a ANP deveria contratar projetos para estimular as atividades exploratórias em todas as bacais terrestres. Como por exemplo: mapear o potencial gerador, reservatórios, vulcanismo, etc de cada bacia, com ênfase das Bacias Proterozóicas para projetos de shale oil&gas e tight sands, pois somente estas bacias têm reservatórios comparáveis aos equivalentes dos USA, com grande extensão areal. As estimativas atuais de volume destas são absolutamente chutadas, sem o mínimo de embasamento técnico-científico que permitam boas estimativas, mesmo as absolutamente probabilísticas.. Para as bacias tipo rifte, como Recôncavo, Sergipe-Alagoas, Potiguar, etc, nos reservatórios das Fms, Sergi, Serraria e… Read more »