PRÉ-SAL SUPERA O PÓS-SAL PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA

Pre-sal FPSOUm novo marco importantíssimo do pré-sal. A Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou nesta quarta-feira (31) que a produção de óleo e gás nos campos da camada superou em dezembro, pela primeira vez, mais da metade da produção nacional. Naquele mês, os poços brasileiros geraram 3,325 milhões em barris de óleo equivalente por dia (boe/d, soma das produções de óleo e de gás natural), sendo 1,685 milhão de boe/d (50,7%) do pré-sal.

O volume de produção na região em dezembro representa um aumento de 2% em relação ao mês anterior. Ao todo, os 85 poços ativos na camada produziram 1,356 milhão de barris de petróleo por dia e 52 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

Vale lembrar que o pré-sal já havia obtido outros marcos importantes em dezembro. A Petrobrás e suas parceiras conseguiram dois recordes na camada: o mensal (1,36 milhão de barris de petróleo diários ao todo); e o diário de 1,48 milhão de bpd, no dia 4 de dezembro. A média anual da produção operada (que abrange a parcela da Petrobrás e seus parceiros) no pré-sal também foi a maior da história da companhia: 1,29 milhão de bpd.

Deixe seu comentário

1 Comentário em "PRÉ-SAL SUPERA O PÓS-SAL PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Luciano Seixas Chagas
Visitante
O endeusado pré-sal continua a surpreender seus detratores que o vendem por preço de farinha peixe podre. A produção elevada, é bom lembrar, e principalmente sem politizar a questão, é fruto dos investimentos na produção deste reservatório há 7 anos e, portanto, a gestão atual da Petrobras não contribuiu em nada para gerar tal número. A se manter a produção de dezembro de 1,685 milhões/boe/dia ao preço atual de U$ 64,39 -light sweet crude oil- , em 365 dias o Brasil deixará de importar o equivalente a U$ 39,6 bilhões (365 x 1685000 x 64,39) ou R$ 125,5 bilhões ao… Read more »