RECEITA DA SIEMENS COM TECNOLOGIAS DIGITAIS CRESCEU 20% EM 2017

Joe KaeserDe olho em reforçar seu papel na digitalização, a Siemens possui atualmente 20 centros para aplicativos de clientes digitais no setor industrial. Cerca de 900 desenvolvedores de software, especialistas em dados e engenheiros trabalham com os clientes da empresa nestas unidades, desenvolvendo inovações digitais para análise de dados e aprendizado de máquinas. E os resultados deste trabalho já aparecem. A receita de tecnologias digitais em 2017, por exemplo, aumentou para 5,2 bilhões de euros, crescimento de 20% na comparação com 2016.

Estamos continuamente expandindo nosso papel de liderança na digitalização industrial. Com a nossa experiência global em eletrificação e automação e nossa experiência em software industrial, estamos gerando benefícios melhores aos nossos clientes, benefícios que nenhuma outra empresa pode replicar em níveis tão altos de desempenho”, afirmou o presidente e CEO da Siemens, Joe Kaeser.

A Siemens lançou seu sistema operacional de Internet das Coisas (IoT) MindSphere em toda a empresa há cerca de um ano. Hoje, 1 milhão de dispositivos e sistemas se conectam usando a plataforma e esse número chegará a 1,25 milhões no fim do ano fiscal de 2018, de acordo com estimativas da empresa. Aplicativos industriais e serviços digitais podem ser desenvolvidos e executados no MindSphere. A companhia também aumentará mais uma vez o investimento no departamento de pesquisa e desenvolvimento (P&D) no ano fiscal de 2018, acrescentando cerca de 450 milhões de euros em recursos.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of