Megabanner

ALEMÃ WINTERSHALL É DESTAQUE NOS LANCES FEITOS NA BACIA POTIGUAR

Por Davi de Souza (davi@petronoticias.com.br) –

15-rodada-logo-300x206A empresa alemã Wintershall foi o grande destaque nos lances feitos por áreas da Bacia Potiguar. A companhia arrematou três blocos. Enquanto isso, a Petrobrás também fez seus primeiros lances no leilão nesta bacia, conquistando novas áreas.

A Wintershall (100%) o bloco POT-M-857 por R$ 57,3 milhões. A companhia também arrematou sozinha o bloco POT-M-863 por R$ 24,5 milhões. Por fim, a alemã também faturou o bloco POT-M-865 por R$ 16,3 milhões.

Já a Petrobrás (100%) arrematou o seu primeiro bloco na licitação: trata-se do POT-M-762, com um lance de R$ 5,1 milhões. A estatal, em consórcio com a Shell, também comprou o bloco POT-M-859 por R$ 13,4 milhões.

A Shell também despertou interesse pela Bacia Potiguar, arrematando o bloco POT-M-948, por R$ 1,9 milhão.

Foram ofertados 13 blocos marítimos na Bacia Potiguar, totalizando 9.604,20 km². A porção marítima da região é classificada como bacia de nova fronteira, ou seja, possui áreas geologicamente pouco conhecidas e barreiras tecnológicas ou do conhecimento a serem vencidas.

A Bacia Potiguar é tradicional produtora de petróleo, tanto em sua porção emersa quanto marítima, com predominância de geração de óleos. Em janeiro de 2018, Potiguar produziu 44.145 barris de petróleo por dia e 971 mil metros cúbicos diários de gás natural.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of