FIRJAN DEFENDE LEILÕES DE PETRÓLEO E VOLTA A ALERTAR À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RIO QUE VAI VOTAR ADESÃO DO REPETRO

dedeA Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, foi outra instituição que gostou dos resultados da 15ª Rodada de licitações de blocos exploratórios de petróleo, realizada nesta quinta-feira (29 ). Na avaliação do Sistema FIRJAN, a realização das rodadas possibilita previsibilidade e planejamento, essenciais para que essa indústria possa alcançar suas metas de produção atreladas à criação de escala necessária para dinamizar e permitir maior participação da nossa indústria. As expectativas para o mercado de petróleo e gás são de retomada com o início de novos ciclos de exploração, que contribuirão para a produção futura e potencialmente agregação de valor. Para a Firjan, o Rio de Janeiro permanece protagonista e tem mais uma chance de construir um futuro melhor para sua população, permanecendo como maior produtor de óleo no Brasil.

A Federação destaca ainda a importância da inserção da indústria nacional nos investimentos de petróleo e gás, multiplicando os efeitos positivos na economia do estado. Para a instituição, a regularidade dos leilões, planejamento e previsibilidade são tão fundamentais para construção de um novo ciclo de crescimento. A Firjam aproveita para manter o discurso firme de seu presidente em relação ao Repetro, que terá sua adesão votada pela Assembleia Legislativa do Rio na semana que vem. A Firjan diz que  o Estado do Rio não tem o direito de restringir os benefícios fiscais estaduais,  que ampliou o número de empresas nacionais beneficiadas. A não adesão significa dizer não aos investimentos das petroleiras  e, por consequência, impactando a geração de empregos e rendas, ao tornar os campos confrontantes a outros estados mais atrativos.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of