ROLLS-ROYCE VAI MODERNIZAR CENTRAIS NUCLEARES NA CHINA

xcA Rolls-Royce vai modernizar os sistemas de barras de controle em 14 unidades de energia nuclear CPR1000 da China General Nuclear (CGN). O contrato foi assinado também prevê a execução de serviços de longo prazo com outras três fábricas chinesas. A Rolls-Royce vai  modernizar o sistema de haste de controle em parceria com a subsidiária da CGN Suzhou Nuclear Power Research Institute (SNPI). Essa parceria é para  executar as obras alcançando redução de custos e eficiência para a operação das usinas. O valor do contrato,  o primeiro desse tipo para a Rolls-Royce na China,  não foi divulgado. Liu Xiaowei, chefe das operações da Rolls-Royce Nuclear na China, disse que a  “A SNPI é uma instituição líder em tecnologia nuclear na China, dedicada a garantir a operação segura e eficiente de usinas. A CGN é um cliente muito valioso da Rolls-Royce. Estamos satisfeitos com a confiança que depositam em nós e continuaremos fornecendo as melhores soluções de serviço para apoiar a modernização das usinas nucleares chinesas.”

 A Rolls-Royce também assinou um contrato para serviços de longo prazo com a usina nuclear de Hongyanhe, na província chinesa de Liaoning.  A CGN detém uma participação de 45%. Além disso, renovou contratos para esses serviços na fábrica de Daya Bay, na província de Guangdong, e na fábrica de Ningde, na província de Fujian. A empresa informou que vem fornecendo sistemas de instrumentação e controle  desde 1994, quando as usinas de Qinshan e Daya Bay foram abertas. Ela agora fornece tecnologia de segurança crítica para mais de 70% dos reatores nucleares em operação ou em construção na China, bem como geradores a diesel de emergência para quase 40% das unidades chinesas. Em março de 2017, a Rolls-Royce anunciou que havia completado a modernização dos sistemas de instrumentação de nêutrons nas unidades 1 e 2 da planta Ling Ao na China, substituindo o sistema analógico originalmente fornecido no início dos anos 2000 por um novo sistema digital. O sistema de instrumentação de nêutrons de segurança crítica permite o monitoramento da energia nuclear instantânea, flutuações de energia e distribuição de energia, medindo o fluxo de nêutrons do reator.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of