CHINA COMEÇA A CARREGAR COMBUSTÍVEL NA UNIDADE 1 DA USINA NUCLEAR DE TAISHAN

DSFDA China Nuclear General (CGN) começou a carregar combustível no núcleo da unidade 1 da usina nuclear de Taishan, na província chinesa de Guangdong, após a emissão de uma licença do regulador. A unidade está prevista para este ano tornar-se o primeiro reator EPR a entrar em operação. A joint venture de energia nuclear de Taishan,  formada pela CGN (70%) e a EDF (30%) proprietária da fábrica,  recebeu a licença nesta quinta-feira(12)  diretamente de Liu Hua, vice-ministro de Ecologia e Assuntos Ambientais e Diretor da Administração Nacional de Segurança Nuclear (NNSA). Em um comunicado, a NNSA disse que, antes do primeiro carregamento de materiais, havia realizado uma revisão de segurança de cinco anos do projeto de energia nuclear de Taishan e enviado supervisores no local para todo o processo de construção. O projeto atendeu aos objetivos de segurança do projeto e a qualidade da construção.

 Taishan 1 e 2 são os dois primeiros reatores baseados no projeto EPR a serem construídos na China. Eles fazem parte de um contrato de US$ 9,9 bilhões assinado pela Areva e pela CGN em novembro de 2007. A construção das unidades 1 e 2 teve início em 2009 e 2010, respectivamente. Taishan 1 deverá iniciar no final deste ano, enquanto Taishan 2,  que está na fase de instalação de equipamentos,   está programada para começar a operar no próximo ano.  O primeiro EPR da fábrica de Olkiluoto, na Finlândia, está em construção desde 2005 e já passou por várias revisões na data de início, com a conexão da rede agora prevista para dezembro e o início da produção regular de eletricidade em maio do próximo ano. O carregamento de combustível no EPR de Flamanville, na França, cuja construção começou em 2007, deve começar no quarto trimestre deste ano. Dois outros EPRs estão planejados em Hinkley Point, no Reino Unido.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of