NÍGER DECIDE INVESTIR EM ENERGIA NUCLEAR PARA DAR SUPORTE AO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO PAÍS | PetroNotícias





NÍGER DECIDE INVESTIR EM ENERGIA NUCLEAR PARA DAR SUPORTE AO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO PAÍS

1212O governo do Níger que está tendo o seu desenvolvimento econômico dificultado pela falta de fornecimento consistente de eletricidade, está considerando a energia nuclear em seu mix de energia e  assumiu o compromisso com o desenvolvimento da infraestrutura para um programa de energia nuclear. Um país de cerca de 21 milhões de pessoas na África Ocidental,  é atualmente o quarto maior produtor mundial de minério de urânio. A equipe da Revisão Integrada de Infraestrutura Nuclear (INIR) observou que o governo estabeleceu um Comitê de Orientação Estratégica e um Comitê Técnico Nacional para seu programa de energia nuclear, presidido pelo primeiro ministro e pelo presidente da Alta Autoridade Nigeriana para Energia Atômica ( HANEA). Esses dois comitês formam a Organização de Implementação do Programa de Energia Nuclear (NEPIO). O Níger já concluiu ou iniciou vários estudos relacionados ao desenvolvimento de infraestrutura nuclear e preparou um relatório abrangente resumindo os resultados, disse a Agência Internacional de Energia Nuclear.

 Zeinabou Mindaoudou Souley, presidente da HANEA, disse que o Níger está comprometido com o desenvolvimento cuidadoso e passo-a-passo de seu programa de energia nuclear:  “Esta missão do INIR foi uma experiência realmente enriquecedora que nos ajudará a avançar. As recomendações e sugestões da missão INIR serão cuidadosamente revisadas e abordadas para fortalecer as razões para que o Níger avance com o desenvolvimento da energia nuclear.”

A equipe é  formada por especialistas internacionais da França, Marrocos, Espanha e Reino Unido, além de funcionários da AIEA. Antes da missão INIR, que foi apoiada pela Divisão para África no Departamento de Cooperação Técnica da AIEA, o Níger preparou um relatório de auto avaliação cobrindo todas as questões de infraestrutura e submeteu estes documentos e documentos de apoio à AIEA. As recomendações da equipe incluem: desenvolver uma visão integrada dos custos totais do projeto da usina nuclear; continuar a avaliar e desenvolver o quadro legal e regulamentar e assegurar que todos os elementos necessários de uma política e estratégia nacional para a segurança sejam tidos em conta; e o fortalecimento da gestão e documentação das atividades que estão sendo realizadas para o desenvolvimento do programa de energia nuclear. A equipe também identificou boas práticas que beneficiariam outros países considerando a introdução da energia nuclear, incluindo a forte conexão entre os dois comitês que formam o NEPIO, e o envolvimento com os países vizinhos para informá-los sobre os planos do Níger.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of