Megabanner

REATORES NUCLEARES MODULARES PODERÁ SER UMA TENDÊNCIA QUASE IRREVERSÍVEL PARA GERAÇÃO DE ENERGIA EM 2020

AAGraças a nova aprovação regulatória, os chamados reatores modulares podem finalmente começar a substituir antigas usinas de combustíveis fósseis. A medida que os EUA se afastam dos combustíveis fósseis com a energia renovável, como a eólica e a solar, tomando seu lugar, uma alternativa mais limpa tem sido largamente ignorada: a energia nuclear. Nos últimos 20 anos, apenas uma nova usina nuclear foi construída  nos Estados Unidos. Há muitas razões diferentes para isso, mas uma das maiores é que os reatores nucleares são extremamente caros e complicados de construir. A usina única construída em 2016, a Watts Bar 2, começou a ser construída em 1973 e, no final, custou US$ 4,7 bilhões, incluindo um total de US$ 2 bilhões em superações orçamentárias.  Mas tudo isso pode estar prestes a mudar, graças a um novo projeto de reator que é menor, mais barato e mais fácil de construir. O primeiro design chamado pequeno reator modular (SMR) acaba de passar por uma revisão da Fase I pela Comissão Reguladora Nuclear dos EUA, então a construção do reator pode agora prosseguir. Esse reator será concluído em menos de uma década.

Reatores modulares pequenos são dramaticamente diferentes dos reatores nucleares padrão com suas torres de resfriamento icônicas. Esses reatores são projetados para que todos os seus componentes sejam construídos em uma fábrica central e montados no local, o que os torna muito mais baratos e rápidos de construir. Eles também são muito menores, o que os torna ideais para comunidades rurais e suburbanas que não precisam de um gigawatt ou mais de energia. O reator específico aprovado pela Comissão Reguladora Nuclear é construído pela NuScale, uma empresa britânica de energia que trabalha com o projeto há mais de uma década. O projeto do reator  tem  apenas cerca de 65 metros de comprimento e gera 50 megawatts de energia E ainda  vem com combustível suficiente para durar um ano inteiro. O reator pode ser construído e abastecido em uma fábrica, enviado em um trem ou caminhão, e enviado de volta para ser reabastecido. O primeiro desses reatores está previsto para ser construído em Idaho em meados dos anos 2020, e servirá como uma demonstração das capacidades da tecnologia.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of