Megabanner

PRESSIONADO E SEM SAÍDA GOVERNO CEDE E ACENA COM PROPOSTA PARA ACABAR O PROTESTO DOS CAMINHONEIROS

ASASASAVisivelmente inseguro e constrangido, o Presidente Michel Temer anunciou  medidas que o governo espera terminar o protesto dos caminhoneiros em todo Brasil. Enquanto falava ao vivo, em muitas capitais brasileiras pôde ser ouvido um panelaço em prédios de várias cidades. Pressionado pela situação de caos causado pelo protesto,  Temer anunciou alguma medidas para atender aos que os caminhoneiros exigiram. A paralisação dos caminhoneiros entrou neste domingo( 27) no sétimo dia. A categoria ainda mantém bloqueios em todo o País, o que causa o desabastecimento de produtos e combustível nas cidades. Polícias estaduais, Polícia Federal e tropas do Exército negociam a saída dos manifestantes das estradas, mas ainda não se sabe qual será a reação dos caminhoneiros diante das propostas do governo. Apenas nesta segunda-feira(28) é que se terá um termômetro.  Veja as propostas apresentadas pelo governo :

 1) A redução de R$ 0,46 no preço do litro do diesel. Isso corresponde aos valores do PIS/Cofins e da Cide, somados. Segundo Temer, o governo irá cortar do orçamento, sem prejuízo para a Petrobrás;

2) A garantia de congelamento do preço do diesel por 60 dias. Depois disso, o reajuste será mensal, de 30 em 30 dias;

3) Será editada uma Medida Provisória para a isenção de eixo suspenso em praças de pedágios, tanto em rodovias federais, como nacionais;

4) O estabelecimento de uma tabela mínima de frete, conforme previsto no PL 121, em análise no Congresso;

5) A garantia de que não haverá reoneração de folha de pagamento no setor de transporte de carga;

6) A reserva de 30% do transporte da carga da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para motoristas autônomos

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of