FUP ORIENTA A SUSPENDER GREVE APÓS JUSTIÇA AUMENTAR MULTA

fupUma reviravolta no movimento grevista dos petroleiros. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) elevou de R$ 500 mil para R$ 2 milhões a multa diária às organizações sindicais que descumprirem a decisão emitida esta semana que classificou a paralisação como abusiva. Diante disso, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) orientou os demais sindicatos a suspender a greve, que seria realizada até a meia noite de sexta-feira (1º).

Um recuo momentâneo e necessário para a construção da greve por tempo indeterminado, que foi aprovada nacionalmente pela categoria”, declarou a FUP, que acrescentou ainda que os sindicatos realizam assembleias ao longo do dia para avaliar o indicativo de suspensão do movimento.

O pedido de revisão da multa foi feito pela Advocacia Geral da União (AGU), que queria o aumento para R$ 5 milhões por dia. A ministra do TST Maria de Assis Calsing atendeu parcialmente o pleito, elevando o valor para R$ 2 milhões. “É potencialmente grave o dano que eventual greve da categoria dos petroleiros irá causar à população brasileira”, justificou a ministra.

Do outro lado, a FUP rebate a decisão judicial, afirmando que o seu objetivo “é criminalizar e inviabilizar os movimentos sociais e sindicais”.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of