Megabanner

COMEÇA AMANHÃ NA CHINA A MAIOR EXPOSIÇÃO DE NEGÓCIOS EM PIPELINES DA ÁSIA

CHINA 2BEIJING – Começa amanhã aqui na China a mais importante exposição de negócio de oleodutos e gasodutos  da Ásia. A China International Pipeline Forum 2018. O evento vai discutir segurança para indústria de petróleo, gás, química, petroquímica e também para a aplicação de tubos para diversas outras indústrias. Por aqui, apenas uma empresa brasileira, a Liderroll, convidada para apresentar sua tecnologia de lançamento de tubos em túneis. A empresa tem a patente mundial dessa tecnologia. Hoje a China é o país que mais demanda tem para a necessidade de uso desta tecnologia. Desde a construção de gasodutos gigantes, que irão trazer gás desde a Rússia e o Turcomenistão, quanto para o uso de túneis para transporte ferroviário e aquaviário.

 A China projeta atualmente um túnel com 250 km de extensão. Uma  obra inusitada se voltássemos duas décadas. Isso nem seria pensado. Nem seria possível. Há dois anos foi inaugurado o Túnel de São Gotardo, na Suíça, com 57 quilômetros para transporte ferroviário. As dificuldades de projetos, incertezas geológicas, de logística em um túnel  de 250 km são imensas. No entanto, são superadas pelo desenvolvimento e uso de novas  tecnologias. São essas tecnologias que serão apresentadas aqui.  Há muitas outras tecnologias disponíveis como construir e como utilizar obras subterrâneas.

A Conferência e exposição de pipeline internacional chinesa foi inaugurada em 2002. A região  Ásia-Pacífico como realizada na história da indústria de armazenamento eCHINA 1 transporte de petróleo e gás tem um longo desenvolvimento profissional, após 15 anos de desenvolvimento e acumulação, tornou-se um líder global e abrangente grande evento profissional da cadeia da indústria de petróleo e gás natural. A exposição começou com  70 expositores numa área de 6500 metros quadrados. Hoje são  450 expositores numa área 35000 metros quadrados. Foi a sequência  do rápido desenvolvimento do processo de indústria de petróleo na China.

Todos os anos, existem mais de 2.000 incidentes na rede europeia de gasodutos. Alguns envolvem perdas financeiras. Outros destroem o meio ambiente, as plantas e até mesmo o futuro de uma empresa. Por isso mesmo o  setor industrial chinês  é um dos mais exigentes ao transportar e processar petróleo e gás, para evitar  falha técnica que pode ter consequências para máquinas, pessoas e o meio ambiente. Por essa razão, todas as partes da tecnologia de segurança interagem entre si na busca de  funcionarem  perfeitamente.  O congresso, também por isso,  abordará o controle

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of