COMITIVA BRASILEIRA VAI AOS EUA EM BUSCA DE INFORMAÇÕES SOBRE POLÍTICA DE BIOCOMBUSTÍVEIS E DESCARBONIZAÇÃO

missao_EUA_biocombustiveisO Brasil foi buscar nos Estados Unidos experiências e informações sobre políticas de combustíveis e programas americanos de descarbonização. O objetivo do governo é obter subsídios para a regulação da nova Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio).

A missão é liderada pelos diretores da Agência Nacional do Petróleo Aurélio Amaral e Felipe Kury e conta com representantes de diversas associações brasileiras. Uma delas, a Associação Brasileira de Biogás e Biometano (ABiogás), prevê que o Brasil vai produzir 32 milhões m³ por dia de biometano, o equivalente a 6.000 novos postos de Bio-GNV, com uma economia de até 50% em relação ao óleo diesel, o que representa 96% menos emissões de gases de efeito estufa.

O grupo de brasileiro terá reuniões com associações de produtores de etanol, biodiesel, biogás e biometano, além da EPA e do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que analisa projeções da produção de biocombustíveis. A delegação já teve um encontro no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington.

Ainda segundo dados da ABiogás, o Brasil tem o potencial de suprir 44% da demanda nacional de diesel (hoje em torno de 60 bilhões de litros/ano) e 24% da demanda por energia elétrica com o uso de biogás e biometano.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of