Megabanner

EMBRAPII VAI DESTACAR PROJETOS DE INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA DO PLÁSTICO DURANTE EVENTO EM SÃO PAULO

2016.08.31-Embrapii-PoliA EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, participa, nesta terça-feira (19), do Encontro de Inovação do PICPlast, Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico, sobre Linhas de Financiamento para Inovação na Indústria de Transformação e Reciclagem de Plásticos, em São Paulo. Durante o encontro, a empresa apresentará seu modelo de financiamento e destacará a atuação de Unidades EMBRAPII, como a ISI Polímero, em São Leopoldo-RS, que tem desenvolvido componentes, embalagens, produtos e soluções de compostos plásticos para as mais variadas indústrias: alimentar, saúde e petrolífera, entre outros. Um dos projetos concluídos recentemente é a construção de correia transportadora com elementos plásticos bactericidas capazes de evitar a contaminação cruzada e a salmonela, garantindo mais segurança. A mesma tecnologia pode ter aplicação para diversas cadeias do setor petroquímico.

Na área cirúrgica, a unidade tem desenvolvido material resistente, mais leve e confortável ao toque, facilitando o trabalho do profissional de saúde em operações e intervenções médicas que podem demorar horas. Já na área de óleo e gás, os compostos plásticos são considerados uma alternativa para evitar a corrosão e ter dutos mais resistentes ao longo dos anos.  O Encontro de Inovação PICPlast vai ser realizado a partir das 8:30 h, no Auditório da ABIPLAST, na Avenida Paulista, 2.439, e reunirá empresários das de diversas áreas interessados em conhecer programas e instrumentos de incentivo a projetos de inovação.

A EMBRAPII – A Empresa mantém contrato de gestão com o Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Ministério da Saúde e Ministério da Educação (MEC). A organização atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação. O financiamento da instituição obedece a seguinte regra geral: a EMBRAPII pode investir até 1/3 das despesas das Unidades com projetos de PD&I (recursos não-reembolsáveis), enquanto o restante é dividido entre a empresa parceira e a Unidade. Ao compartilhar riscos de projetos com as entidades (por meio da divisão dos custos do projeto), estimula-se o setor industrial a inovar mais e com maior intensidade tecnológica para, assim, potencializar a força competitiva das empresas no mercado interno e internacional.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of