ENGIE COMEÇA OPERAÇÃO COMERCIAL DE COMPLEXO EÓLICO NA BAHIA | PetroNotícias





ENGIE COMEÇA OPERAÇÃO COMERCIAL DE COMPLEXO EÓLICO NA BAHIA

Eduardo SattaminiA Engie tem grandes planos de investimentos para o Brasil nos próximos dois anos e iniciou hoje (4) a operação comercial do complexo eólico Campo Largo, na Bahia, com capacidade de geração inicial de 326,7 MW. Entre 2018 e 2020, a companhia pretende aplicar R$ 2,9 bilhões em projetos eólicos no país, como parte de sua estratégia global de crescer através da geração de energia proveniente de fontes renováveis.

Campo Largo fica em uma área de 44 mil hectares nos municípios de Umburanas e Sento Sé, a 420 km de Salvador. A primeira fase do empreendimento terá 11 parques eólicos. A usina Campo Largo VII, com 11 aerogeradores e 29,7 MW de capacidade instalada, teve sua operação comercial autorizada hoje pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). “O cluster Campo Largo/Umburanas é o maior complexo eólico que a ENGIE já fez“, diz o diretor-presidente da ENGIE Brasil Energia, Eduardo Sattamini. “O grande desafio é a logística para realizar as atividades em uma área extensa, com mais de 70 km de acessos internos“. 

A Engie também está desenvolvendo o complexo de Umburanas, que está em fase de obras civis e iniciará suas operações em 2019. Os complexos Campo Largo e Umburanas receberam R$ 273,6 milhões em investimentos nos três primeiros meses de 2018. Em janeiro, a empresa deu início às obras de Umburanas, com a construção das vias internas e das fundações para os 144 aerogeradores de suas 18 centrais eólicas. A expectativa é que esta etapa da obra termine em dezembro. Em paralelo, estão sendo construídas linhas de transmissão e uma subestação, a ser energizada no final de outubro. 

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of