Megabanner

ENERGIA SOLAR NO BRASIL CHEGOU A 300 MW DE MICRO E MINIGERAÇÃO DISTRIBUÍDA

rodrigo-sauaiaUm novo feito para o mercado de energias renováveis. Segundo mapeamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o país conquistou uma importante marca no setor, ao atingir a marca de 300 MW de potência instalada em sistemas de microgeração e minigeração distribuída solar em residências, comércios, indústrias, produtores rurais e prédios públicos.

Celebramos com otimismo este passo histórico para a fonte solar fotovoltaica no Brasil, com a certeza de que teremos um forte crescimento do setor nos próximos anos e décadas“, comemorou o presidente executivo da Absolar, Rodrigo Sauaia. De acordo com o levantamento, a fonte solar fotovoltaica lidera com folga o segmento de microgeração e minigeração distribuída, com mais de 99,4% das instalações do País.

Os consumidores residenciais estão no topo da lista, com uma fatia de 76,9% do total. Logo em seguida, vêm as empresas dos setores de comércio e serviços (16,2%), consumidores rurais (3,4%), indústrias (2,5%), poder público (0,8%) e outros tipos, como serviços públicos (0,1%) e iluminação pública (0,02%).

Para Sauaia, o crescimento da microgeração e minigeração distribuída solar é impulsionado por três fatores: a forte redução de mais de 75% no preço da energia solar fotovoltaica ao longo da última década; o crescimento nas tarifas de energia elétrica dos consumidores brasileiros; e o aumento no protagonismo e na responsabilidade socioambiental dos consumidores.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of