DRAGAGEM AUMENTA O CALADO NO PORTO DE SANTOS E EMBARCAÇÕES PODEM AUMENTAR A QUANTIDADE DE CARGAS

xxAs embarcações poderão transportar uma quantidade maior de cargas em suas operações no complexo portuário santista.  O calado do Porto de Santos foi ampliado em 30 centímetros e chegou a 13,5 metros em boa parte do canal de navegação. A nova regra passou a valer no trecho que vai da entrada da Barra de Santos até a região da Alemoa. O calado é a altura da parte do casco do navio que fica submersa, medida entre a quilha e a linha d´água. Essa medida é um limite que garante a segurança da navegação, para impedir que o navio afunde demais e acabe encalhando. O aumento de 30 centímetros foi garantido à Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) cerca de um mês após o consórcio formado pelas empresas Boskalis do Brasil e Van Oord Operações Marítimas iniciar a dragagem no cais santista. Até o final de junho, o calado de boa parte do canal era de 13,2. Apenas o último trecho, depois do píer da Alemoa, não foi alterado, permanecendo com 12,7 metros. A proposta da CPSP foi feita depois de análise de levantamentos hidrográficos apresentados pela Docas e de estudos realizados pela Praticagem. A Autoridade Marinha condiciona a ampliação do calado ao acompanhamento da profundidade da área de navegação do Porto. A Codesp terá de realizar mediçoes a cada três meses em todos os trechos do canal.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of