COMEÇA EM SÃO PAULO O MAIS IMPORTANTE CONGRESSO INTERNACIONAL DE MEDICINA NUCLEAR DA AMÉRICA LATINA

11Começou hoje (10) e vai até domingo o Congresso Brasileiro de Medicina Nuclear, que está sendo realizado no Hotel Maksoud, em São Paulo. É o mais importante evento do setor na América Latina. Estão sendo apresentadas  novas aplicações da medicina nuclear, mostrando um  crescimento vertiginoso das pesquisas que  estão incentivando os profissionais ligados a esta especialidade a acompanharem o desenvolvimento neste segmento. São  novos equipamentos, radiofármacos, estudos de dosimetria e tratamentos personalizados que vem surgindo e sendo considerado de forma acelerada. O congresso é uma forma do profissional médico se manter atualizado, com possibilidades de discutir com especialistas a aplicação de novos conhecimentos na prática.

O evento atraiu inúmeros profissionais do mundo inteiro. Entre palestrantes internacionais especialmente convidados estão a Dra. Delphine Chen, professora da divisão de radiologia, Ciência e Medicina Nuclear da Universidade de medicina de Washington, Estados Unidos; Dr. Enrique Estrada, ex- Chefe do Departamento de Medicina Nuclear do México, e ex-chefe da Associação Latino-Americana de Sociedades de Biologia e Medicina Nuclear.  Atualmente, é oficial técnico de medicina e imagens diagnósticas do Organismo Internacional de Energia Atômica; Professor Ken Herman  da Universidade de Munique. Ele é o diretor de medicina nuclear do Hospital Universitário Wurzbug, na Alemanha; Sergi Vidal-Sicart, do Board eurupeu de Medicina Nuclear, professor de medicna da Universidade de Barcelona, que já publicou mais de 200 artigos especializados em medicina nuclear em revistas especializadas no mundo inteiro; Sharmila Dorbala, da Agência Internacional de Energia Atômica, especialista em investigação cardiovascular por imagem. É diretora de Cardiologia Nuclear da Brigham and Women’s Hospital. Ela é professora  da Escola de m_marciaMedicina de Havard, especializada em  imagens moleculares do coração.

O Brasil está se desenvolvendo muito rapidamente neste segmento e pode acelerar o conhecimento ainda mais, com o desenvolvimento do Reator  Multipropósito na Marinha brasileira, em São Paulo. O evento atraiu também a empresa russa Rosatom e ainda com a presença do Presidente da ABDAN, Celso Cunha: “ Há algum tempo temos defendido o crescimento das pesquisas de fármacos aqui no Brasil. O país já deu um passo importante com o lançamento da pedra fundamental do Reator Multipropósito e só temos a ganhar com esse desenvolvimento. Esse congresso é extremamente importante para ampliar conhecimento da medicina nuclear em nosso país. E é importante que a ABDAN apoie o evento.”

A Presidente do Comissão Científica, Márcia Tavares(foto a direita), diz que: Será uma oportunidade de estar próximo de convidados estrangeiros experientes e colegas brasileiros que vem desenvolvendo pesquisas de grande qualidade no nosso meio, com abordagem de temas atuais.  O evento também será um momento de confraternizar, unir a nossa comunidade e interagir com os nossos parceiros para mantermos a especialidade forte e atuante.”

m_barbaraA Presidente  da Comissão Científica, Bárbara Amorim, diz que:Elaboramos  uma programação científica com muito carinho. Um destaque do congresso será saúde da mulher, abordando especialmente o câncer de mama, incluindo PET/CT com FDG-18F, PET/CT com os novos traçadores e cirurgia radioguiada. Como não pode deixar de faltar, também serão abordados os temas mais atuais da Medicina Nuclear como: câncer de próstata, teranósticos, cardiologia, radioiodoterapia, neurologia. Estamos recebendo convidados internacionais que nos atualizarão no estado da arte nos principais tópicos do congresso.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of