Megabanner

ROXTEC LANÇA SOLUÇÕES DE VEDAÇÃO E AMPLIA O FOCO NA ÁREA DE SERVIÇOS

Por Davi de Souza (davi@petronoticias.com.br) – 

ROXTECEm busca de ampliar ainda mais sua presença no mercado, a Roxtec está com novidades para o mercado, enquanto amplia suas ações já apresentadas anteriormente. Na área de produtos, a companhia está lançando duas novas soluções de vedação, conforme explica o gerente de negócios da companhia para as áreas de naval e óleo e gás, Bruno Galhardo. Além disso, a empresa está atuando com bastante força na parte de serviços, por meio da Roxtec Services. “O resultado está sendo bem satisfatório. Hoje, já temos alguns trabalhos com grandes operadoras do mercado, como Statoil, BW, Teekay, SBM e a própria Petrobrás. São trabalhos que estamos desenvolvendo em diversas unidades no Brasil“, explicou o executivo. Galhardo acrescenta também que a Roxtec cresceu muito na área de serviços dentro do segmento offshore. “Estamos desenvolvendo novas soluções para a área de manutenção do nosso portfólio existente hoje nas plataformas“, afirmou.

Gostaria que o senhor falasse um pouco da Roxtec Services, que foi lançada recentemente.

A Roxtec já está há mais de 20 anos aqui no Brasil, fornecendo suas soluções para os setores offshore e naval. Começamos a ser abordados pelos clientes para que fossemos abordo de plataformas a fim de oferecer suporte técnico. Fomos chamados algumas vezes e percebemos que existia uma carência do mercado. Por isso, vimos essa oportunidade de criar a Roxtec Services, que é uma empresa que presta serviço de pós-venda em inspeção. 

Nós vamos abordo [da embarcação] para fazer inspeção da instalação do cliente, das vedações de passagem de cabos e propomos melhorias. Temos uma equipe que pode ir abordo e fazer inspeção e readequação. Esse é o foco da Roxtec Services, que foi lançada nesse ano. 

Como está a prospecção de negócios nessa área?

Essa prospecção é feita por mim. Eu sou o gerente comercial da área offshore e naval da Roxtec. O resultado está sendo bem satisfatório. Hoje, já temos alguns trabalhos com grandes operadoras do mercado, como Statoil, BW, Teekay, SBM e a própria Petrobrás. São trabalhos que estamos desenvolvendo em diversas unidades no Brasil. 

E qual a perspectivas de novos negócios em óleo e gás?

Olhando para a Roxtec como um grupo, pensando que ela é uma empresa multinacional, a perspectiva é excelente. Nós sabemos da demanda pujante da Petrobrás por novas plataformas e sabemos também que o mercado asiático vai receber muitas encomendas. Por isso, a Roxtec, como um grupo global, vê com bastante positividade este momento. 

A Roxtec Brasil atua muito no OPEX, porque pela falta de CAPEX que teremos no país, a empresa mudou seu portfólio. Até por isso que a Roxtec Services veio para nos dar este suporte. Então, a perspectiva da Roxtec Brasil é de poucas vendas para projetos novos e uma crescente em serviços. 

Como anda o volume de negócios atualmente?

A Roxtec vem mantendo sua regularidade financeira, apesar da crise. A empresa continua batendo suas metas de venda, porque no passado identificamos esse leque de oportunidades futuras e mudamos a estratégia. O que antes era 70% ou 80% de faturamento vindo de CAPEX, hoje gira em torno de 30% ou 40%. Conseguimos mudar o foco.

Em termos de produtos, quais são as novidades?

A Roxtec desenvolveu e vem lançando duas novas soluções para esse ano. A primeira delas é o SPN, que é uma solução para vedação de tubulação. A segunda é a solução GK, que permite ao cliente passar diversos cabos por uma antepara e faça uma vedação muito mais rápida. A GK é uma empresa alemã que a Roxtec adquiriu no ano passado e incorporou o seu portfólio de produtos.

Qual será a estratégia da empresa para crescer nos próximos anos?

Como eu disse, a empresa diversificou [suas atividades] no passado. Hoje, nós temos algumas vertentes de negócio. Data center é uma área que vem crescendo muito globalmente e no Brasil também. Temos uma linha atuando nas áreas de data center, lab science, power e geração, distribuição e transmissão. Contamos com equipes focadas nesses segmentos. Abrimos o leque para termos mais diversidade. 

Dentro da área de offshore, crescemos muito na área de serviços, como já expliquei. E estamos desenvolvendo novas soluções para a área de manutenção do nosso portfólio existente hoje nas plataformas. 

Poderia citar alguns dos fornecimentos atuais da Roxtec?

Nós fornecemos para os projetos Jurong, da P-68; e também para os projetos da Oceana, das embarcações do tipo AHTS. São dois grandes projetos para os quais estamos fornecendo. 

E quanto à procura por novos negócios no exterior?

Para o mercado offshore, nossa atenção está muito voltada à Ásia, por conta dessa demanda crescente que a Petrobrás terá futuramente para novas plataformas. Então, a Roxtec Ásia e Roxtec China veem com grandes olhos essa nova demanda de pedidos. 

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of