Megabanner

BOLSONARO É ESFAQUEADO EM COMÍCIO EM JUIZ DE FORA. INCIDENTE PODE MUDAR O RUMO DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS

1Um incidente que pode mudar a história das eleições presidenciais brasileiras. O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, foi retirado por seguranças do local onde fazia campanha, em Juiz de Fora, após ser atingido por uma facada. Bolsonaro estava sendo carregado por apoiadores quando fez uma expressão de dor e foi retirado do local. Centenas de pessoas presentes  a manifestação presenciaram a agressão. Segundo um major da Polícia Militar de Minas, o candidato foi alvo de um conhecido militante do PT local e foi detido. Uma fonte ligada ao candidato disse que o ferimento é superficial, e que Bolsonaro estava sendo atendido na Santa Casa de Juiz de Fora. O deputado foi retirado do local às pressas, em um carro da PF, e levado para a Santa Casa de Misericórdia. As circunstâncias completas do episódio ainda estão sendo apuradas.

Vários candidatos já se manifestaram solidariedade ao candidato, um repúdio, pedindo que o atendado seja investigado a fundo. Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, natural de Montes Claros, Minas Gerais, foi preso de ter sido atacado pelos correligionários e Jair Bolsonaro. Segundo informações do filho, Jair Bolsonaro, o estado do candidato é bom, mas que teria tido o fígado atingido. Jair Bolsonaro está sendo operado na Santa Casa da Misericórdia, submetido a uma Laparoscopia, menos invasiva.
Autor da Facada

Autor da Facada

Ciro Gomes disse em sua rede social que: ” Acabo de ser informado em Caruaru, Pernambuco, onde estou, que o Deputado Jair Bolsonaro sofreu um ferimento a faca. Repudio a violência como linguagem politica, solidarizo-me com meu opositor e exijo que as autoridades identifiquem e punam o ou os responsáveis por esta barbárie.”;

O Candidato Guilherme Boulos disse que: ” Soube agora do que ocorreu com Bolsonaro em Minas. A violência não se justifica, não pode tomar o lugar do debate político. Repudiamos toda e qualquer ação de ódio e cobramos investigação sobre o fato.”

Alvaro Garcia disse que: “Sobre o episódio da facada no candidato Jair Bolsonaro, quero afirmar aqui que repudio todo e qualquer ato de violência. Por isso a violência nunca deve ser estimulada. Eu não estimulo.”

Geraldo Alkmin declarou que: ” Política se faz com diálogo e convencimento, jamais com ódio. Qualquer ato de violência é deplorável. Esperamos 111que a investigação sobre o ataque ao deputado Jair Bolsonaro seja rápida, e a punição, exemplar.”

Marina Silva” A violência contra o candidato Jair Bolsonaro é inadmissível e configura um duplo atentado: contra sua integridade física e contra a democracia. Neste momento difícil que atravessa o nosso país, é preciso zelar com rigor pela defesa da vida humana e pela defesa da vida democrática e institucional do nosso país. Este atentado deve ser investigado e punido com todo rigor.”

 Fernando Hadad: ” Repudio totalmente qualquer ato de violência e desejo pronto restabelecimento a Jair Bolsonaro.”

Henrique Meirelles: ”  Desejo pronta recuperação a Jair Bolsonaro. Lamento todo e qualquer tipo de violência. O Brasil precisa encontrar o equilíbrio e o caminho da paz. Temos que ter serenidade para apaziguar a divisão entre os brasileiros.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of