ANDRÉ GERDAU FOI ESCOLHIDO COMO CHAIRMAN DA ASSOCIAÇÃO MUNDIAL DO AÇO DURANTE EVENTO EM TÓQUIO

André Johannpeter GerdauA Associação Mundial do Aço (WSA, na sigla em inglês) escolheu o brasileiro André Johannpeter Gerdau como seu novo chairman para o período de um ano. O anúncio foi feito durante a Assembleia Geral da instituição, que terminou nesta quinta-feira (18), em Tóquio, no Japão.

Como se sabe, André saiu da posição de diretor-presidente do grupo Gerdau no início do ano, deixando o posto para o executivo Gustavo Werneck. Desde então, o executivo passou a atuar no Conselho de Administração da centenária companhia siderúrgica.

O evento da WSA no Japão também foi marcado por uma série de anúncios importantes sobre o futuro da indústria. De acordo com um relatório apresentando pela associação, a demanda mundial de aço atingirá 1.657 bilhões de toneladas em 2018, um aumento de 3,9% na comparação com 2017. Em 2019, a previsão é de que a demanda global de aço cresça 1,4% para alcançar 1.681,2 bilhão de toneladas.

O ambiente de negócios que envolve a indústria siderúrgica mundial é favorável em geral. A demanda por aço está crescendo gradual e continuamente contra o pano de fundo de uma economia mundial forte. No entanto, existem muitas incertezas no ambiente macroeconômico, como o aumento das tensões comerciais mundiais ou o resultado das negociações do Reino Unido para a retirada da União Europeia. Estou prestando muita atenção em como esses riscos afetarão as tendências futuras“, apontou o presidente da Nippon Steel e Sumitomo Metal Corporation (NSSMC) e presidente da WSA na gestão 2017/2018, Kosei Shindo. 

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of