SECRETÁRIO AMERICANO ACUSA O DITADOR MADURO DE EXPORTAR TONELADAS DE OUTRO VENEZUELANO ILEGALMENTE

fdfdMarshall Billingslea, secretário adjunto do Tesouro dos Estados Unidos para o financiamento do terrorismo, disse que o ditador Venezuela Nicolás Maduro está “saqueando” o ouro de seu país em uma nova estratégia para substituir a PDVSA, a “falida estatal de petróleo da Venezuela” Segundo o secretário americano, o ditador  exportou ilegalmente toneladas do ouro de seu país para a Turquia, em uma tentativa de resgatar uma economia em colapso. O governo de Maduro enviou nos últimos meses mais de 21 toneladas métricas de ouro para a Turquia sem a aprovação da Assembleia Nacional, disse Billingslea: “Esse ouro está sendo retirado do país sem nenhuma das salvaguardas costumeiras que garantem que os fundos sejam contabilizados e devidamente catalogados como pertencentes ao povo venezuelano”,

A Venezuela está sem controle  e submersa em uma crise econômica sem precedentes,  marcada pela alta da inflação que deixa os moradores lutando para custear alimentos e remédios escassos. A produção bruta da PDVSA está em queda, que os críticos culpam por quase duas décadas de má administração e corrupção sob o regime socialista do ditador Maduro. O governo dos Estados Unidos congelou  dezenas de contas de altos funcionários venezuelanos, incluindo Maduro, entre as medidas destinadas a pressionar o retorno do país à democracia. Falando no instituto de pesquisa Brookings Institution em Washington, Billingslea se recusou a dizer se os americanos  estão se preparando para estender as sanções econômicas às exportações de ouro da Venezuela.

As caixas de alimentos subsidiadas pelas quais milhões de famílias venezuelanas dependem para sobreviver começaram a vir com produtos fabricados na Turquia, chamando a atenção de autoridades dos EUA, disse Billingslea, que chamou o programa de alimentos de “esquema de corrupção”. O ministro da Mineração, Victor Cano, anunciou em julho que o Banco Central da Venezuela começou a refinar o ouro na Turquia que seria comprado de mineradores  venezuelanos. Cano disse que a Venezuela não está mais enviando seu ouro para a Suíça, mas sim para um país aliado, onde não há risco de ser apreendido sob sanções internacionais.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of