ENEVA FECHA TERCEIRO TRIMESTRE COM LUCRO DE R$ 180 MILHÕES

Pedro ZinnerO lucro líquido ajustado da Eneva ficou em R$ 180 milhões no terceiro trimestre, um salto de 240% na comparação com igual período do ano passado. O intervalo também foi marcado pela redução da alavancagem e queda de R$ 34 milhões nas despesas financeira líquidas.

O resultado positivo obtido entre julho e setembro foi o melhor já apresentando pela empresa dentro de um trimestre. “Estou muito satisfeito com o desempenho da Eneva. A companhia tem crescido de forma consistente, com resultados sólidos trimestre a trimestre. Continuaremos focados no crescimento sustentável, mantendo nossa disciplina financeira, com foco na alocação correta de capital, contínua melhora operacional dos ativos e redução de custos”, afirma comentou o CEO da Eneva, Pedro Zinner.

No aspecto operacional, a geração líquida da Eneva cresceu 14%, atingindo 4.065 GWh. De acordo com a companhia, especificamente sobre o Complexo de Parnaíba, no Maranhão, a maior disponibilidade das usinas do empreendimento resultou em aumento de 12,7% na geração líquida, para 2.848 GWh. A companhia também declarou, durante o trimestre, a comercialidade do campo de Gavião Tesoura e passou a ter oito campos na Bacia do Parnaíba, cinco atualmente em produção.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of