MINISTÉRIO DA SAÚDE LIBERA VERBA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS DO REATOR MULTIPROPÓSITO BRASILEIRO

rmbNo apagar das luzes de 2018, há ainda boas notícias para o setor nuclear. Desta vez, o Ministério da Saúde anunciou uma verba de R$ 4,8 milhões para a Amazul. O valor será usado na contratação da Fundação Getúlio Vargas para elaborar o plano de negócios do empreendimento do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB).

Esse valor faz parte de um montante ainda maior já aprovado pelo ministério para o RMB. Ao todo, a pasta já deu o aval para repasses de R$ 750 milhões ao longo dos próximos cinco anos, prazo estimado para a entrada em operação do reator.

O interesse do Ministério da Saúde no RMB está no fato de que o empreendimento tornará o país autossuficiente na produção de radioisótopos, usados na fabricação de radiofármacos – que por sua vez, são empregados na prevenção e tratamento de doenças como o câncer. Assim, a pasta espera comprar radiofármacos a preço de custo. Hoje, esses produtos são adquiridos da França, Rússia e África do Sul. O reator de pesquisa, que será construído no município de Iperó (SP), terá ainda outras finalidades, como testes de materiais e aplicações na indústria, agricultura e meio ambiente, entre outras.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of