REFORMAS, DESBUROCRATIZAÇÃO E EMPREENDEDORISMO SÃO AS INICIATIVAS QUE A SANDECH QUER PARA CRESCER MAIS ESTE ANO | PetroNotícias





REFORMAS, DESBUROCRATIZAÇÃO E EMPREENDEDORISMO SÃO AS INICIATIVAS QUE A SANDECH QUER PARA CRESCER MAIS ESTE ANO

Marcela-Justino-2018-257x300Desburocratizar,  desregulamentar, incentivar o empreendedorismo e o apoio do Congresso para se fazer as reformas necessárias são as chaves para que o Brasil possa voltar a trilhar caminhos virtuosos. Essa é uma das opiniões da Gerente Comercial da Sandech, uma empresa de engenharia e soluções criativas para as áreas de petróleo e gás, química e petroquímico, energia e infraestrutura. Marcela Justino acredita que a diversificação da empresa ajudou a ter um 2018 com crescimento  expressivo, sempre com a preocupação de manter a competitividade.  Para este ano,  ela se  se mostra bastante otimista com que o Brasil poderá viver. Vamos saber suas opiniões dentro do Projeto Perspectivas 2019:

– Como analisa os acontecimentos de 2018 em seu setor?

– A Sandech  atua em diversos setores, até como forma de diversificação importante para possibilitar um constante crescimento da empresa. Falando especificamente do setor de O&G e energia, vimos grandes avanços com uma atuação com viés mais liberal na ANP, Petrobrás e em outras empresas e órgãos do setor. Isso naturalmente fez com que voltasse a haver interesse de players internacionais no Brasil, atraindo maiores investimentos, o que nos leva a avanços importantes. Estamos otimistas para uma constante retomada do setor, que, a nosso ver, já começou, e tende a acelerar nos próximos anos. Tivemos na Sandech um ano de crescimento expressivo com preocupação constante de manter a nossa competitividade e pensar na preparação para um ano de 2019 ainda mais positivo, principalmente a partir do segundo semestre.

– Quais seriam as soluções para os problemas que o país atravessa?

– Ao que tudo indica, estamos no caminho certo para solucionar seus problemas estruturais mais graves; só não sabemos ainda se conseguiremos endereça-los de forma definitiva. Vemos de maneira muito positiva os avanços da operação Lava Jato, sinalizando intolerância a condutas inadequadas e à corrupção de maneira geral; observamos que a sociedade vem, cada vez mais, se conscientizando sobre a importância de barrarmos a corrupção no país para que tenhamos um país mais próspero, justo e com oportunidades para todos. Avanços na área de segurança pública também são fundamentais para um ambiente mais propício para os negócios em diversos setores, despertando interesse em investir no Brasil. Vemos a geração de emprego no país como ponto de fundamental importância, e entendemos que o país hoje está em uma posição muito favorável para atração de investimentos no mundo, no entanto, nos parece que os investimentos somente virão após um sucesso na implantação das reformas que são condição sine qua non para avançarmos no tratamento da questão fiscal brasileira e trazer mais segurança aos investidores.

– O que espera do Governo Bolsonaro? Está pessimista ou otimista?

– As expectativas para o novo governo são otimistas, principalmente considerando o que vem sendo posto em discussão na área econômica, dando continuidade e até aprofundando as reformas já em curso. Com um claro viés de abertura para novos investimentos estrangeiros, desburocratização e desregulamentação, incentivando o empreendedorismo, não poderíamos pensar diferente. No entanto, algumas das mudanças propostas e importantíssimas para continuarmos em uma trajetória positiva dependem do congresso, então hoje nosso posicionamento é de aguardar e acompanhar de perto a evolução do novo governo.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of