Megabanner

O TALIBÃ AMEAÇA TOMAR OS CAMPOS DE PETRÓLEO NO NORTE DO AFEGANISTÃO E IMPÕE TERROR NA REGIÃO

aaaaO radicalismo continua muito forte no Afeganistão. Os  Combatentes do Talibã estão ameaçando grandes poços de petróleo perto da cidade de Sar-e Pul, no norte do país,  após dias de combates em que dezenas de soldados  das forças de segurança foram mortos e feridos nesta sexta-feira(4). As autoridades locais dizem que a situação é alarmante. Foram enviados reforços da capital, mas nada foi resolvido ainda. Cerca de 40 membros das forças de segurança foram mortos ou feridos perto de Sar-e Pul durante muitas horas de combates que sublinharam a forte pressão que as forças do governo afegão estão enfrentando.

O Talibã tem lançado grandes ataques  com o objetivo de tomar os proteger campos de petróleo e estão conseguindo êxito frente as forças federais.  Os poços no campo de Angot, a cerca de 11 km a leste da cidade de Sar-e Pul e Kashkari, 12 km ao sul, foram desenvolvidos durante a presença soviética no Afeganistão. Oito poços estavam ativos, com milhões de dólares em equipamentos militares, incluindo veículos blindados armazenados por perto. Esses poços são importantes, não apenas para a província de Sar-e Pul, mas para todo o Afeganistão. A tomada dos poços representaria um golpe para o governo e reforçaria as finanças do grupo terrorista,sssddd aumentando as receitas de impostos, mineração e ópio.

Os combates acontecem enquanto outra rodada de negociações é esperada entre o enviado especial dos EUA, Zalmay Khalilzad, e representantes do Talibã para tentar encontrar as bases para as negociações de paz e acabar com a guerra de 17 anos no Afeganistão. A retirada de sete dos catorze mil soldados americanos, decidida pelo Presidente Trump, acabou gerando mais pressão sobre o governo formal do Afeganistão. Há muita tensão na região.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of