CBMM QUER AUMENTAR CAPACIDADE DE PRODUÇÃO DE NIÓBIO DA MINA DE ARAXÁ, EM MINAS GERAIS

fdfddNunca se falou tanto  em Nióbio no Brasil desde a Era Bolsonaro. A CBMM, líder mundial em tecnologia do Nióbio e única empresa totalmente integrada na produção desse mineral,  prevê um aumento relevante de sua capacidade produtiva a partir desse ano. Após ampliar sua produção para 110 mil toneladas de ferronióbio em 2019, a CBMM espera atingir 120 mil toneladas em 2020 e concluir a expansão do seu parque industrial no fim de 2020 atingindo uma capacidade produtiva de 150 mil toneladas. A CBMM é detentora dos direitos de exploração da maior mina de Nióbio em operação do mundo, localizada em Araxá-MG, que possui reservas mensuradas e quantificadas para aproximadamente 200 anos de operação no padrão de consumo atual.

Graças à expectativa de elevação da demanda por produtos de Nióbio, a CBMM está investindo U$ 200 milhões na capacidade produtiva de sua planta industrial e

NIÓBIO DA MINA DE ARAXÁ

NIÓBIO DA MINA DE ARAXÁ

também na expansão dos departamentos de marketing e vendas objetivando a expansão do mercado de produtos de Nióbio. O aumento da capacidade produtiva faz parte da estratégia da companhia, que detém cerca de 80% de participação no mercado global de ferronióbio A empresa quer manter o que ela chama de excelência no atendimento a mercados internacionais, sempre antecipando o potencial crescimento futuro de mercado.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of