PETROBRÁS QUER MAIS TEMPO PARA DECIDIR O DESTINO DE 254 CAMPOS EM TERRA E ÁGUAS RASAS | PetroNotícias





PETROBRÁS QUER MAIS TEMPO PARA DECIDIR O DESTINO DE 254 CAMPOS EM TERRA E ÁGUAS RASAS

decio oddoneO destino de 254 campos terrestres e em águas rasas, que hoje estão nas mãos da Petrobrás, deve ser decidido em breve. A estatal pediu mais tempo à Agência Nacional do Petróleo (ANP) para definir em quais áreas deseja investir  e em quais irá desinvestir – seja por meio de venda para outras empresas ou devolvendo à União.

O diretor-geral da ANP, Décio Oddone, declarou nesta sexta-feira (11) que a definição da Petrobrás deve ser anunciada nos próximos meses. Para lembrar, a agência determinou, no ano passado, que a estatal teria até junho deste ano para declarar o interesse nestes ativos de menor porte. O pedido de postergação do prazo feito pela petroleira ainda está sob análise.

A ideia da ANP é atrair petroleiras menores para esses campos, já que as grandes majors do mercado estão com suas atenções voltadas aos gigantescos e produtivos ativos do pré-sal.

1
Deixe seu comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Marineide Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marineide
Visitante
Marineide

Temos empresas de pequeno e médio porte que podem e tem capacidade o suficiente para gerir tais campos.O que não pode é gerar mais desempregos ou entregar de mão beijada a empresas estrangeiras que só querem sugar e largar a bombada no nosso país.é possível um mercado concorrente sem entreguismo.