GOVERNO RETOMA PLANOS DE CONSTRUIR ATÉ OITO USINAS NUCLEARES NO BRASIL ATÉ 2050 | PetroNotícias





GOVERNO RETOMA PLANOS DE CONSTRUIR ATÉ OITO USINAS NUCLEARES NO BRASIL ATÉ 2050

Almirante-Bento-foto-MBA terça-feira (22) vai chegando ao fim com uma notícia que movimenta o mercado nuclear de forma decisiva. O Ministério de Minas e Energia (MME) confirmou que o governo planeja continuar com os planos de construir até oito usinas nucleares no país até o ano de 2050. O anúncio não é só importante para a diversificação da matriz energética brasileira, mas também traz a expectativa de geração de empregos e atração de investimentos.

O MME revelou que pretende retomar o planejamento de construir entre quatro e oito usinas em comunicado onde defendeu a continuidade da construção de Angra 3, que foi alvo de críticas na mídia neste final de semana. “Para o setor nuclear, a conclusão de Angra 3 é importante, pois traz escala à toda a cadeia produtiva do setor, desde a produção de combustível à geração de energia”, justificou a pasta.

O ministério aproveitou a ocasião para relembrar que o Plano Nacional de Energia 2030 (PNE 2030) já prevê a construção de quatro a oito usinas nucleares no País. E que este deve ser o mesmo cenário que tende a ser confirmado pelo PNE 2050, cuja publicação deve acontecer em breve. Em declarações recentes, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, tem defendido que o Brasil explore seu potencial de geração nuclear e destacando que o país tem a 6º reserva de urânio do mundo.

2
Deixe seu comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Joseph Andrade Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Joseph Andrade
Visitante
Joseph Andrade

Carta aberta ao Ministro Carta aberta dos empregados de bem da INB Ao Ex. Senhor Ministro de Minas e Energia Alm. Bento Albuquerque Senhor Ministro. Vimos agradecer antecipadamente vossa senhoria porque parece que finalmente o reinado feudal do Rei Pinóquio (INB) vai acabar, o ciclo considerado o pior de toda a história da INB, ficaremos livres dos comunistas travestidos. A conjuntura política e econômica (2017-2018) não estava favorável, mas não justifica, nem ameniza as incorreções de caráter, muito menos frente ao amadorismo de gestão para uma empresa estratégica como a INB. A posse de Pinóquio, marcada pela frase megalomaníaca de… Read more »

trackback

[…] Recentemente, como noticiado aqui, o governo deixou claras as suas intenções de expandir o número de usinas nucleares no Brasil. O Ministério de Minas e Energia (MME) confirmou os planos de construir até oito  plantas nucleares no país até o ano de 2050, informação que deve ser confirmada no próximo Plano Nacional de Energia (PNE) 2050. A pasta também defendeu a continuação das obras de Angra3. “Para o setor nuclear, a conclusão de Angra 3 é importante, pois traz escala à toda a cadeia produtiva do setor, desde a produção de combustível à geração de energia”, justificou o MME, na ocasião.… Read more »