PETROBRÁS VENDE A REFINARIA DE PASADENA POR MENOS DA METADE DO DINHEIRO QUE PAGOU POR ELA

ddddA Petrobrás já não é mais a proprietária da Refinaria de Pasadena, no Texas, Estados Unidos. O anúncio oficial da venda para a americana Chevron foi feita na noite desta quarta-feira(30). A Petrobrás informou que a sua subsidiária em Houston, a Petrobras America (PAI) assinou contrato de compra e venda referente à alienação integral das ações detidas pela PAI nas empresas que compõem o sistema de refino de Pasadena, nos Estados Unidos. O valor da transação foi de US$ 562 milhões, sendo US$ 350 milhões pelo valor das ações e US$ 212 milhões de capital de giro (data-base de outubro/2018). O valor final da operação está sujeito a ajustes de capital de giro até a data de fechamento da transação. A Petrobrás comprou esta refinaria pelo valor de US$ 1,2 bilhão, com evidente sobrepreço. A venda de Pasadena foi alvo da Operação Lava Jato com a prisão de várias pessoas.  No comunicado oficial, a Petrobrás disse que “ Estão sendo vendidas as sociedades Pasadena Refining System Inc. (PRSI), responsável pelo processamento de petróleo e produção de derivados, e PRSI Trading LLC (PRST), que atua como braço comercial exclusivo da PRSI, ambas detidas integralmente pela Petrobras America  (PAI). A PRSI possui capacidade de processamento de 110 mil bpd e está localizada na cidade de Pasadena, no Golfo do México, Texas. Trata-se de uma refinaria independente do Sistema Petrobras que pode operar com correntes de petróleos médios e leves e produz derivados que são comercializados tipicamente no mercado doméstico americano.

A Chevron U.S.A.  é uma empresa pertencente à Chevron Corporation, segunda maior empresa de energia integrada nos Estados Unidos. Seus produtos são vendidos nas quase 8.000 estações de varejo Chevron e Texaco e também é uma importante fornecedora de combustível de aviação, possuindo quatro refinarias com capacidade combinada para processar 919 mil bpd no país.  A conclusão da transação está sujeita ao cumprimento de condições precedentes usuais, tais como a obtenção das aprovações pelos órgãos antitruste  dos Estados Unidos e do Brasil.

A  operação faz parte do Programa de Parcerias e Desinvestimentos da Petrobras, estando alinhada ao Plano de Negócios e Gestão 2019-2023, que prevê a otimização do portfólio da companhia.”

7
Deixe seu comentário

avatar
6 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Luciano Seixas ChagasJOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
JOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA
Visitante
JOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA

AFINAL, SOMOS TODOS CORRUPTOS? Relembro daquele negócio em que a Petrobras América – PAI efetuou em 2006 que resultou na aquisição da Refinaria de Pasadena – EUA, quando a Diretoria da Área internacional da Petrobras era exercida por Nestor Ceveró, que mais a frente foi substituído por Zelada, este condenado pelo juiz Moro encontrando-se detido em Curitiba. Zelada deixou a estatal após 32 anos de carreira e em pouco menos de um ano, após deixar a Diretoria Internacional da Petrobras, ficamos sabendo de seus planos para a área de energia no Brasil. O mais NOVO empreendedor de nossa republica, planeja… Read more »

JOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA
Visitante
JOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA

RAZÕES PARA A PETROBRAS NÃO COLOCAR A VENDA A REFINARIA DE PASADENA. http://www2.agenciacma.com.br/petrobras-estuda-vender-refinaria-de-pasadena/ https://epocanegocios.globo.com/Empresa/noticia/2018/03/epoca-negocios-ceo-da-petrobras-diz-nos-eua-que-esforcos-para-vender-pasadena-estao-em-andamento.html A Petrobras não está convicta que necessita vender seus melhores ativos, no Brasil e no exterior para sua estabilização financeira? Então, por que a Petrobras promove uma série de bazófias e indefinições quanto ao destino de Pasadena, ora afirmando que não vai colocar a venda a PRSI – Refinaria de Pasadena e, no momento seguinte afirmar o contrário. Não esta correta a postura atual da direção da Petrobras nas recentes e controvertidas afirmações acerca do novo plano de desinvestimento da estatal, principalmente quando referido a velha… Read more »

Luciano Seixas Chagas
Visitante
Luciano Seixas Chagas

Caro Assis. A Chevron não pagaria mais de US$ 500 milhões por uma sucata. Duvido . Assim precisamos saber claramente do negócio, como exposto no meu comentário anterior.
Sds,

JOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA
Visitante
JOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA

PASADENA: MAIOR ROUBALHEIRA COMETIDA CONTRA A PETROBRAS EM UM ÚNICO NEGÓCIO. http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,tcu-prepara-primeiras-punicoes-por-pasadena,70001955115 AS PENALIDADES DA NEGOCIATA DE PASADENA TEM QUE SER RATEADO ENTRE NESTOR CERVERO, SERGIO GABRIELLI, DILMA ROUSSEFF, GRAÇA FOSTER, LOBISTAS E APROVEITADORES DE PLANTÃO, ASSIM COMO DIVERSOS GERENTES DO TERCEIRO E QUARTO ESCALÃO DA PETROBRAS. Acrescento a lista acima o Ministro Jorge Haje da CGU da época, assim como os Ministros que compunha a CMRI (Comissão Mista de Reavaliação da Informação do Governo Federal) que não observaram minhas denuncias e negaram provimento de meus pedidos para investigar a roubalheira que foi a aquisição fraudulenta da obsoleta e sucateada… Read more »

JOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA
Visitante
JOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA

NEGOCIATA DE PASADENA – EIS A VERDADE DOS FATOS: A venda da PRSI – Pasadena Refinery Sistem Inc. se concluída vai se transformar na maior negociata que se tem notícia no mundo corporativo, envolvendo a aquisição e venda de um único ativo de uma petroleira no exterior. A PRSI foi adquirido por uma quadrilha de bandidos que assaltaram a Petrobras na década passada e, se vendida, vai ser entregue a concorrência, por um preço vil para a estatal se livrar do peso dessa tenebrosa transação, sem que se tenha o dever e obrigação de buscar na justiça a devida reparação… Read more »

Luciano Seixas Chagas
Visitante
Luciano Seixas Chagas

Precisa ficar bem claro, se os estoques de petróleo estão incluídos em quaisquer dos valores divulgados ou no total. Eles compunham o valor de ~ US$ 1,15 bilhões por ocasião da compra, após a perda ou pagamento judicial por conta da não aceitação da arbitragem inicial, que custou a Petrobras algo como ~US$ 300 milhões a mais. Aqui não estamos discutindo, para ficar bem claro, sobrepreços e corrupção que sempre, ambos, devem ser punidos e os infratores condenados a devolver dinheiro e ir em cana, esta aliás muito branda com os reis infratores como Barusco, Zelada, Duque e Ceveró. O… Read more »

Luciano Seixas Chagas
Visitante
Luciano Seixas Chagas

De acordo com o conceituado engenheiro Paulo César Ribeiro Lima, PHD em Engenharia Mecânica pela Cranfield University em 1999, no Duploexpresso, Pasadena deu lucro de US$ 6,3 milhões ao invés do prejuízo de US$ 580,4 milhões apontado pelo TCU. O estudo do engenheiro está bem documentado e referenciado enquanto o do TCU nunca vi publicado pela imprensa o que não significa que inexiste. Assim, noves fora a corrupção que deve sempre ser punida severamente independente do ator ou das suas relações ou parentescos, a verdade têm que ser exposta para todos, e mui divulgada, para que possamos saber onde a… Read more »