Megabanner

BRASKEM E SIEMENS FECHAM PARCERIA PARA MELHORAR EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO POLO DO ABC PAULISTA

Siemens Yuri SanchesO setor petroquímico teve nesta quarta-feira (13) um anúncio de um grande negócio envolvendo duas importantes companhias do mercado. A Siemens fechou uma parceria de R$ 600 milhões para modernização do sistema elétrico da Braskem no Polo Petroquímico do ABC, em São Paulo. Pelo acordo, o conglomerado alemão fará a atualização tecnológica do sistema que atende ao cracker, a principal unidade industrial do Polo Petroquímico, responsável pela produção de matérias-primas ao setor químico e do plástico.

Uma das medidas de modernização previstas é a troca de turbinas à base de vapor por motores elétricos de alto rendimento, suportado por uma nova planta de cogeração de energia alimentada por gás residual do processo de produção petroquímica. Assim, a Braskem estima a redução do consumo de energia equivalente ao de uma cidade com um milhão de habitantes.

cdn_strip_321207_0_web“Com a cogeração combinada de energia elétrica e gás, vamos consumir menos energia e emitir ainda menos gases de efeito estufa“, afirmou o diretor industrial da unidade de Químicos da Braskem no Sudeste, Luís Pazin. A previsão é de uma redução de 11,4% no consumo de água e de 6,3% nas emissões de CO2 da unidade.

Os investimentos começarão ainda este ano e a conclusão está prevista para 2021.  Os recursos serão aplicados pela Braskem em parceria com a Siemens, que irá construir e operar o sistema de cogeração de alta eficiência por meio de um contrato de 15 aos de duração. “A confiança da Braskem em definir a Siemens como parceira estratégica para este desafiador projeto é resultado da nossa capacidade tecnológica e operacional que, associada à atratividade do inovador modelo BOO (Build, Own and Operate), assegura que a Braskem foque seus recursos no negócio, deixando sob responsabilidade da Siemens os investimentos necessários à engenharia, implantação, operação e manutenção da Usina de Cogeração“, afirmou o Gerente Geral da Siemens no Brasil, Yuri Sanches (foto).

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of