Megabanner

A WNA CRIA IDENTIDADE PRÓPRIA PARA O PROGRAMA HARMONY QUE PREVÊ 25% DE ENERGIA NUCLEAR NA MATRIZ MUNDIAL

Agneta RisingA partir da próxima semana o Programa Harmony, criado pela World Nuclear Association, presidida por Agneta Rising, que prevê o uso da energia nuclear em 25 % da matriz energética mundial até 2050,  vai ganhar uma nova apresentação. Uma nova logomarca em suas apresentações. A WNA acredita que o programa já está fazendo um bom progresso em termos de divulgação,  convencimento e reconhecimento das autoridades em todo globo, em relação a sua importância tanto dentro da indústria nuclear quanto na comunidade energética mais ampla. Para ajudar a continuar esse sucesso e para que seja reconhecido como uma iniciativa global da indústria nuclear, foi criada uma nova identidade. Uma  identidade própria. A ideia reflete o pensamento do Diretor-Geral da Agência Internacional de Energia Atômica, Fatih Birol, quando disse que “Não há futuro de energia sustentável na ausência de energia nuclear.”

A WNA acredita que  com a experiência e o conhecimento que ganhou, a indústria de energia nuclear mundial está em forte posição para cumprir o objetivo do Programa  Harmony de gerar 25% de eletricidade até 2050. Esta é uma meta ambiciosa, mas a taxa na qual os novos reatores terão de ser construídos não é superior ao que foi alcançado historicamente. Para atingir o objetivo do Harmony, será preciso construir 1000 GWe  novos até lá Para isso,  a taxa média de construção, segundo os estudos da WNA deve ser  a seguinte:

  • 10 GWe por ano entre 2016 e 2020.
  • 25 GWe por ano entre 2021 e 2025.
  • 33 GWe por ano entre 2026 e 2050.

A nova apresentação tem uma aparência distinta do logotipo corporativo da World Nuclear Association, porque o objetivo é destacar a propriedade da Harmony pela usinascomunidade global de energia nuclear. O novo logotipo representa a visão diversificada e inclusiva do programa de fontes futuras de eletricidade e sua meta ser 25 % de eletricidade  da matriz mundial até 2050. A agência vai começar a usar essa nova identidade na próxima semana, e pede para que todos os seus associados no mundo inteiro faça da mesma maneira.

Josh Freed, Vice-Presidente do  Programa de Energia Limpa, disse que   “O sucesso da Harmony dependerá de um esforço por todas as mãos na comunidade nuclear – nos negócios, no governo e em como divulgamos a energia nuclear para alcançar as metas de 2050 e mitigar os piores impactos da mudança climática.” O diretor-geral adjunto da Agência Internacional de Energia Atômica, Mikhail Chudakov, acredita que “Com praticamente nenhuma emissão de gases de efeito estufa durante a operação, a energia nuclear pode ter um papel importante a desempenhar na consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of