MAIOR AMBIENTALISTA DA EUROPA DEFENDE A ENERGIA NUCLEAR E DIZ QUE APENAS ELA PODE EVITAR O AQUECIMENTO GLOBAL

ssssDepois das declarações públicas do famoso ambientalista alemão, Michael Shellenberger, certamente o grupo Green Peace, pelo radicalismo ambiental que exerce, vai vê-lo com outros olhos. Shellenberger , que é fundador e presidente da Environmental Progress, organização que luta por energia limpa e justiça energética, disse que  “ apenas a energia nuclear pode evitar os níveis perigosos do aquecimento global.” Ele fez uma conferência em Madrid onde elogiou o papel da energia nuclear como principal tecnologia para garantir o fornecimento de eletricidade e alcançar objetivos de descarbonização. Ele  explica por que deixou de ser um ativista antinuclear por anos  para se tornar pronuclear: “Um dia eu percebi que a energia nuclear não era o que eu pensava. As pessoas precisam saber a verdade sobre a energia nuclear”.

Na sua opinião apenas a  energia nuclear é necessária para reduzir o aquecimento global: “ Somente a energia nuclear pode tirar todos os seres humanos da pobreza e, ao mesmo tempo, evitar níveis perigosos de aquecimento global.”   Ele dá como exemplo a França e a Suécia. Nos anos setenta e oitenta esses dois países construíram usinas nucleares suficientes para atingir as metas climáticas do Green New Deal.  E faz um comparativo com a Alemanha que deverá gastar até 2025  US$ 580 bilhões em energia renovável e infraestrutura, enquanto fecha suas usinas nucleares. “ Tudo o que a Alemanha terá alcançado em sua transição energética é aumentar os preços da eletricidade em 50% e ter uma oferta com dez vezes mais emissões de carbono do que a França”, diz.

dfsssMichael Shellenberger  explica  que o levou a acreditar que a tecnologia nuclear é parte da solução foram três fatos mudaram sua maneira de  pensar. Em primeiro lugar, porque  Stewart Brand, um famoso fundador do ambientalismo nos Estados Unidos, declarou-se um cientista pró-nuclear,  em 2005. Em segundo lugar, alguns anos depois, ele  percebeu  que não se poderia  fornecer energia suficiente para o mundo apenas com energia solar e eólica, porque além da serem energias firmes, tornam a eletricidade mais cara.  Por fim,  os relatórios das Nações Unidas e da Organização Mundial de Saúde sobre Chernobyl.  Ele se disse ao descobrir o pequeno número de pessoas que morreram.” Eu percebi que a energia nuclear não era o que eu pensava. Depois de algum tempo, comecei a me perguntar por que precisávamos de mais renováveis se houvesse países como a França que pudessem trabalhar completamente com a energia nuclear.”

Michael Shellenberger  acha que o tabu nuclear prejudica o meio ambiente: “Todos os estudos realizados nos últimos quarenta anos mostram que a energia nuclear é o caminho mais seguro para gerar eletricidade. A razão é simples: as usinas nucleares não produzem fumaça, o que causa a morte prematura de sete milhões de pessoas por ano, segundo a Organização Mundial de Saúde. Quando a energia nuclear é usada em vez de biomassa ou carvão, vidas são salvas. O climatologista James Hansen descobriu que a energia nuclear salvou 1,8 milhão de vidas até hoje, evitando o uso de combustíveis fósseis.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of