MME ANUNCIA QUE ÁREA EM PERNAMBUCO JÁ FOI ANALISADA PARA RECEBER POSSÍVEL NOVA CENTRAL NUCLEAR COM 6 USINAS

Por Davi de Souza (davi@petronoticias.com.br) – 

DSC_0010O governo tem sinalizado o interesse em concluir Angra 3, mas também está olhando para as oportunidades de construção de novas usinas nucleares. O secretário de Planejamento do Ministério de Minas e Energia, Reive Barros (foto), anunciou hoje (3) durante o World Spotlight Brazil, no Rio de Janeiro, que uma área em Pernambuco já foi analisada pela Eletronuclear para receber uma nova central nuclear.

O sítio fica localizado na cidade de Itacuruba e poderia abrigar até 6 reatores nucleares, totalizando uma capacidade total de 6.600 MWe. Reive ressaltou, no entanto, que se trata ainda de uma análise, sem definição de que, efetivamente, uma nova central nuclear será erguida no local. Mas já é uma boa sinalização para o mercado e uma boa notícia para o futuro energético do país, em especial para o Nordeste.

De acordo com os dados apresentados pelo secretário, o investimento total previsto em uma potencial central nuclear em Pernambuco será da ordem de US$ 30 bilhões. O fator de capacidade das novas usinas ficaria entre 85% e 90% e a produção anual das unidades seria de até 50,5 milhões de MWh.

A receita anual estimada seria de aproximadamente US$ 2,5 bilhões e o retorno de investimento aconteceria em cerca de 17 anos. Barros também comentou que existe outra área analisada também no Sudeste, mas não deu detalhes sobre este estudo.

Durante a sua apresentação, o secretário falou sobre os principais aspectos que estão sendo levados em consideração nos estudos de localização de novas usinas nucleares. São eles: a viabilidade econômica, a existência de mercado para a nova energia, a identificação da macro região e a concordância prévia de organizações públicas e regulatórias.

3
Deixe seu comentário

avatar
2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
edgarSebastião Andrade Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Sebastião Andrade
Visitante
Sebastião Andrade

Itacuruba fica às margens do S. Francisco.
Fukushima vazou, contaminou o mar; estas usinas, se vazarem, contaminarão o rio.
Ninguém aprendeu com os erros?

edgar
Visitante
edgar

Sebastião, é obrigatório estar perto de uma fonte de água para o funcionamento de uma usina nuclear. Sempre estará perto de um rio ou do mar. É com o vapor de água que se move a turbina que gera energia.

trackback

[…] governo animou o mercado com o anúncio feito recentemente sobre os estudos de um potencial sítio que poderia abrigar uma nova central nuclear no Brasil. Trata-se de uma área no município de Itacuruba (PE), com possibilidade de receber até seis […]