PARQUE DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA ESTÁ EM ALTA NO SETOR ENERGIA SOLAR CHILENO COM TECNOLOGIA DA TRINA SOLAR

ZO parque fotovoltaico em Marchihue, na zona central do Chile, conhecida como Libertador O’Higgins, acaba de receber um novo projeto de geração de energia solar de 3MW baseado na tecnologia Trina Solar, uma das líderes mundial no fornecimento de soluções para energia solar, que também está presente no Brasil. O projeto foi desenvolvido pela CarbonFree dentro do conceito chileno de geração distribuída de energia em pequena escala, abaixo dos 9 MW. O EPCista foi a Eiffage Energía Chile e a Trina Solar forneceu a solução fotovoltaica inteligente TrinaPro. Com a saturação do sistema de transmissão de energia do Chile, o mercado de projetos em larga escala está encolhendo e, em compensação, o mercado de energia distribuída em pequena escala está aumentando sensivelmente.

O projeto entrou em fase comercial em fevereiro deste ano, sendo que a energia gerada não será menor do que 6.444 MWh e a redução de emissões de CO2 é de 46,39 milhões de toneladas ao ano, segundo afirma a companhia. Os painéis da Trina Solar fazem parte da solução fotovoltaica que inclui os módulos multicristalinos Tallmax, permitindo que os módulos sigam o sol de ângulos variados, recebendo luz solar máxima e gerando até 20% de energia adicional. Em comparação com os sistemas fotovoltaicos fixos, a TrinaPro aumenta a geração de energia e eleva o ROI do cliente entre 1,5% e 3%.  Já em comparação com os sistemas de rastreamento tradicionais, há um aumento de geração de energia de 3% a 7,5%.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of