PROJETO BRASILEIRO RECEBE PRÊMIO INTERNACIONAL DURANTE A ATOMEXPO, NA RÚSSIA

awards_19_02O Brasil foi um dos destaques na cerimônia do Prêmio Atomexpo, realizada na Rússia, durante o 11º Fórum Internacional AtomExpo 2019. Um projeto do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN)/Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) foi um dos vencedores da disputa. No total, 10 projetos de diferentes países competiram na categoria “Nuclear Para Uma Vida Melhor”, na qual o empreendimento brasileiro saiu vitorioso.

O projeto do IPEN/CNEN trata-se de um irradiador gama multipropósito e uma unidade móvel com um acelerador de feixes de elétrons. O irradiador tem uma série de aplicações, como desinfestação e a contenção da proliferação de microrganismos em bens culturais e obras de arte. Já a unidade móvel com um acelerador pode ser usada, por exemplo, no tratamento de efluentes da produção de petróleo, dentre outras aplicações.

O presidente do júri, Luis Echavarri, consultor internacional de energia com 17 anos de experiência como diretor geral da Agência de Energia Nuclear da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, entregou o prêmio ao representante do IPEN/CNEN/SP no evento, o pesquisador Emerson Soares Bernardes (foto).

É uma honra, em nome do IPEN, receber este prêmio. Gostaria de agradecer aos organizadores e também à Rosatom pela oportunidade de estar aqui esta noite”, disse Bernardes. O AtomExpo Awards é um prêmio internacional que reconhece os excelentes méritos de empresas e organizações líderes no setor de energia nuclear. O evento faz parte da programação da feira AtomExpo, organizada anualmente pela estatal russa Rosatom.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of