Megabanner

A RÚSSIA ESTÁ SE PREPARANDO PARA CONSTRUIR UM PORTA-AVIÕES GIGANTE DE PROPULSÃO NUCLEAR

1A Rússia está se preparando para construir o seu primeiro Porta-Aviões Nuclear. O início das obras está marcado para 2023 e terá a capacidade de transportar 100 aviões. Por enquanto a fase ainda é de projeto, mas o super navio  teve o seu  nome escolhido. E de meter medo:   STORM ( Tempestade). Ele está dentro do  programa estatal de armamento para o período de 2019 a 2025. As pesquisas e testes experimentais do navio estão incluídos no atual programa russo de armamentos. O porta-aviões terá uma usina nuclear e deslocamento de cerca de 70 mil toneladas. O comprimento do navio, que poderá transportar até 100 aeronaves ou helicópteros de uma só vez, será de 330 metros. A construção ficará baseada na cidade de Severomôrsk (1.900 quilômetros a norte de Moscou) e levará pelo menos sete anos.

Embora o “Storm” seja desenvolvido com um sistema de propulsão normal, ele receberá também o sistema de propulsão nuclear, provavelmente, composto de reatores RITM-200, previamente testados no quebra-gelo “Árktika”. Esses motores nucleares permitirão alcançar a velocidade de 30 nós (cerca de 55 km/h). A tripulação do navio será composta por quase 4 mil pessoas. O porta-aviões terá um sistema de defesa antiaérea moderno baseado em versões navais dos complexos S-500. O “STORM” russo será semelhante ao porta-aviões nuclear norte-americano “Gerald Ford.” Como o navio norte-americano, o projeto russo terá um convés completamente aberto 2que não será protegido pela artilharia. Será um aeroporto flutuante acompanhado por um esquadrão de navios de guerra.

O porta-aviões precisará de sua própria infraestrutura. Será preciso construir um cais especial e proteger o navio da terra, do ar e do mar. Isso significa que o Ministério da Defesa terá que criar unidades de guarda costeira e de defesa antiaérea adicionais. Hoje, a Marinha russa conta com apenas um porta-aviões não nuclear “Almirante Kuznetsov”, considerado peça-chave da frota russa. Na época soviética os militares começaram a construção do porta-aviões nuclear “Ulianovsk” que deveria poder transportar até 80 aeronaves, mas o projeto nunca foi concluído.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of