Megabanner

CERVEJARIA AMBEV QUER INAUGURAR PELO MENOS 30 USINAS SOLARES PELO BRASIL PARA ATENDER SUAS FÁBRICAS

eeeeA Cervejaria Ambev, dona de marcas como Skol, Brahma e Budweiser, irá inaugurar 31 usinas solares em todo o Brasil até março de 2020. Em uma iniciativa pioneira no setor, as plantas vão produzir energia o suficiente para abastecer todos os 94 centros de distribuição direta (CDD) que a companhia mantém no país. Ainda em 2019 serão abertos 25 parques, com capacidade para atender 90% de todos os CDDs, de onde saem os mais de 200 rótulos de cerveja da companhia para os pontos de vendas espalhados pelo país.  As usinas solares irão funcionar por meio de geração distribuída. A energia gerada em cada planta equivale à quantidade utilizada pelos CDDs e será disponibilizada para a grade pública da região em que está instalada. A implementação dos parques, que contarão com mais de 50 mil painéis solares e capacidade de geração de 2.600MWh por mês. Essa iniciativa evitará que mais de 2,9 mil toneladas de CO2 sejam emitidas anualmente, o que corresponde à retirada de 744 mil carros das ruas no mesmo período.

Quase metade das cervejarias da companhia já são alimentadas por fontes limpas e renováveis com queima de biomassa de madeira e óleo vegetal. A mudança na operação começou há mais de três anos e nas unidades de Ponta Grossa e Uberlândia. Lá, essas  essas fontes já representam mais de 90% da matriz energética. Leonardo Coelho, diretor de sustentabilidade e suprimentos da Cervejaria Ambev. Leonardo Coelho (foto), diretor de sustentabilidade e suprimentos da Cervejaria Ambev, disse que hhhgg“Para nós, é a realização de um sonho conseguirmos abastecer 100% dos nossos CDDs com energia limpa. A instalação das plantas solares é um marco em nossa história e temos certeza do reflexo positivo que essa iniciativa terá sobre as próximas gerações e o meio ambiente.”

As iniciativas da Cervejaria Ambev voltadas à energia solar começaram a sair do papel no fim de 2018. Em dezembro passado, a companhia anunciou a construção de sua primeira usina solar, localizada na cervejaria de Uberlândia, em Minas Gerais. A planta será inaugurada no início do segundo semestre de 2019 e terá capacidade para abastecer a operação de todos os 13 centros de distribuição mantidos no estado. No início deste ano, a Cervejaria Ambev também concluiu a instalação de mais de duas mil placas solares em seu Centro de Inovação Cervejeira (CIT), localizado no Rio de Janeiro. Juntas, as placas podem produzir até 720 kWp de geração, o suficiente para abastecer 100% operações da unidade durante o período do dia com maior incidência de sol. Esse é o primeiro dos seis centros de inovação que a AB InBev mantém ao redor no mundo que é alimentado por energia limpa.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of