PETROBRÁS CONTRATA A JAPONESA MODEC PARA CONSTRUIR O NAVIO-PLATAFORMA BÚZIOS 5 | PetroNotícias





PETROBRÁS CONTRATA A JAPONESA MODEC PARA CONSTRUIR O NAVIO-PLATAFORMA BÚZIOS 5

Estaleiro-Cosco-Dalian-entrega-FPSO-Cidade-de-Campos-à-ModecA expectativa se concretizou. A Petrobrás assinou nesta semana uma carta de intenção com o grupo japonês Modec para o afretamento do navio-plataforma Búzios V, que irá atuar na Cessão Onerosa. A embarcação será instalada a cerca de 180 km da costa brasileira, em lâmina d’água de 1.900 metros, na Bacia de Santos. Este será o oitavo FPSO fornecido pela Modec ao pré-sal brasileiro.

Conforme o Petronotícias já havia antecipado em março, já existiam comentários nos bastidores do mercado de que a Modec ganharia o contrato. A plataforma será operada pela japonesa e afretada por até 21 anos. O FPSO terá a interligação de até 15 poços e contará com capacidade de processar até 150 mil barris de petróleo por dia e 6 milhões de m³/dia de gás natural. O início da produção está previsto para 2022.

Recentemente, a Petrobrás também anunciou a contratação da holandesa SBM para a construção do FPSO Mero 2, na área de Libra. O navio-plataforma será interligado a até 16 poços e terá capacidade de processar até 180 mil barris de petróleo por dia e 12 milhões de m³/dia de gás. O início da produção também está previsto para 2022.

A Modec também é a responsável pela construção do FPSO Carioca MV 30, que será implantado no campo de Sépia, a cerca de 250 km da costa do Rio de Janeiro, em lâmina d’água de aproximadamente 2.200 metros.

Neste momento, estamos extremamente honrados pelo fato de a Modec ter recebido o contrato para o primeiro FPSO afretado a ser implantado no campo de Búzios“, comentou o presidente e CEO da MODEC, Yuji Kozai. “Este contrato mais recente representa um forte e contínuo relacionamento de confiança entre nosso cliente Petrobras e nós, e fortalece nossa posição de liderança como prestador de serviços de produção offshore de petróleo e gás no Brasil. Estamos comprometidos em realizar este grande projeto cooperando estreitamente com nosso cliente, a fim de contribuir para o avanço do setor de energia no Brasil“, acrescentou.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of