ESTUDO DA KPMG REVELA QUE AS FUSÕES E AQUISIÇÕES NO SETOR ELÉTRICO AUMENTARAM MUITO NO 1º TRIMESTRE DE 2019

dddUm estudo da KPMG revelou que o mercado de energia está se aquecendo no Brasil. Ele aponta que o número de fusões e aquisições na área de energia teve um aumento significativo no primeiro trimestre deste ano. De acordo com o relatório da pesquisa, em janeiro, fevereiro e março deste ano, foram fechados 13 negócios envolvendo empresas do setor contra seis no mesmo período do ano passado. Um aumento de mais de 110%. Segundo o estudo, das 13 transações fechadas este ano, mais da metade (6) foi do tipo doméstica, ou seja, realizada entre empresas brasileiras. As outras envolveram parceiros internacionais.

A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory,  presentes em 154 países e conta com 200.000 profissionais atuando em todo o mundo. No Brasil, são aproximadamente 4.000 profissionais, distribuídos em 22 cidades localizadas em 13 Estados e Distrito Federal. Paulo Guilherme Coimbra, sócio da KPMG, disse que “O estudo indicou que a maioria dos negócios fechados foi realizada por empresas brasileiras, o que demonstra um aquecimento no setor de energia no país. Além disso, o aumento foi influenciado pela tendência de grandes corporações aumentar a participação de energia renováveis em sua matriz, dessa forma, também querem garantir o suprimento de energia limpa. A pesquisa mostrou ainda que as aquisições não foram apenas no mercado regulado.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of