BRASIL ATINGIU RECORDES DE INVESTIMENTOS EM PESQUISA E DESENVOLVIMENTO E NA PRODUÇÃO DE ETANOL

anpO setor de óleo e gás do Brasil teve importantes recordes ao longo do último ano, conforme revelou hoje (28) a Agência Nacional do Petróleo (ANP). Um deles envolve a produção nacional de etanol, que foi 15,6% superior ao ano anterior, atingindo a marca histórica de 33 bilhões de litros. Além disso, o volume de obrigações da cláusula dos contratos de concessão, partilha e cessão onerosa, relativas aos investimentos em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) também foi recorde: R$ 2 bilhões.

Os dados fazem parte do Anuário Estatístico 2019, divulgado nesta sexta-feira pela agência. O relatório indica ainda um recorde de R$ 53 bilhões arrecadados pelos cofres públicos no ano passado em decorrência da exploração de óleo e gás. Deste montante, R$ 23,4 bilhões foram de royalties e outros R$ 29,6 bilhões em participação especial.

O anuário revela também que a produção nacional de gás natural cresceu 1,8% em 2018, pelo nono ano consecutivo de aumento. O volume gerado foi de 112 milhões de m3/dia. A elevação foi liderada pela oferta de gás do pré-sal, que alcançou a média de 57,6 milhões de m3/dia no ano, cerca de 51% da produção do País. Outro destaque do ano passado foi a produção de biodiesel, que cresceu 24,7% em decorrência, principalmente, do aumento do teor de mistura no óleo diesel de 8% para 10%

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of