DEPARTAMENTO DE ENERGIA DOS ESTADOS UNIDOS VAI INVESTIR QUASE US$ 50 MILHÕES EM PESQUISAS NUCLEARES

cccccO Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) anunciou a liberação de US$ 49,3 milhões em financiamento para pesquisa de energia nuclear, acesso a instalações, desenvolvimento de tecnologia e infraestrutura para 58 projetos avançados de tecnologia nuclear em 25 estados. Os prêmios incluem US$ 25,8 milhões para cerca de 40 projetos de pesquisa e desenvolvimento liderados por universidades, além de US$ 1,6 milhão para sete reatores de pesquisa liderados por universidades e melhorias de infraestrutura no âmbito do Programa Universidade de Energia Nuclear (NEUP).

Cinco projetos de pesquisa e desenvolvimento liderados por laboratórios nacionais do DOE e universidades americanas receberão um total de US$ 4,5 milhões em financiamento para conduzir pesquisas para enfrentar os “desafios da energia nuclear” que ajudarão a desenvolver sensores avançados e instrumentação, métodos avançados de fabricação e materiais para múltiplas instalações de reatores nucleares e aplicações de combustível. Estes incluem um projeto liderado pelo Laboratório Nacional Los Alamos para determinar a viabilidade da fabricação aditiva de laser para a produção de componentes de reator de um aço ferrítico / martensítico com uma ZZZZZZZZmicroestrutura projetada, destinada a um financiamento estimado em US$ 1 milhão.

Dois projetos de universidades, um laboratório nacional e três projetos liderados pela indústria para investigar importantes aplicações de combustível nuclear e materiais,  receberão apoio no âmbito do programa de Instalações para Usuários de Ciências Nucleares (NSUF). O DOE apoiará três desses projetos no total de US$ 1,5 milhão em fundos de pesquisa.  No total, os seis receberão US$ 10 milhões para custos de acesso a instalações e experimentos para testes de irradiação de nêutrons e íons, instalações de exames pós-irradiação e assistência técnica para projeto e análise de experimentos. Dois dos projetos do NEUP também serão apoiados com US $ 3 milhões em fundos de acesso do NSUF.

Ed McGinnis (foto), subsecretário adjunto do Departamento de Energia Nuclear do DOE, disse que “ Estamos olhando para o futuro, e é por isso que estamos investindo em tecnologias nucleares avançadas. A energia nuclear é uma parte essencial de nossa estratégia energética, e a pesquisa em estágio inicial pode ajudar a garantir que continue sendo uma fonte limpa e confiável de eletricidade por um longo tempo ainda.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of